O Sesc Santana ( Av.Luiz Dumont Villares, 579 – Jd. São Paulo/Santana – Informações: 2971.8700 ), de 14 de julho a 13 de agosto ( 6ª feiras e sábados, às 21h00,  e domingos, às 18h00),  apresenta “As Criadas”, obra que está em processo de criação pelo diretor polonês Radosław Rychcik, um expoente do teatro polonês contemporâneo, com um talentoso trio de atrizes brasileiras: Bete Coelho, Denise Assunção e Magali Biff.

<<Apresentação no teatro/auditório com capacidade de 330 lugares. Recomendação etária: acima de 16 anos. Duração: 80 min. Ingressos: R$9,00 a R$30,00. Funcionamento da bilheteria do Sesc Santana – de terça a sexta, das 9h às 21h, aos sábados, das 10h às 21h, e aos domingos e feriados, das 10h às 18h45. >>

Radosław Rychcik montou a clássica peça de Jean Genet como forma de discutir os problemas sociais e humanos que o texto aborda. Inspirado por um caso real, apresenta duas irmãs que trabalham como empregadas e planejam matar a patroa. A trama de fundo policial é plataforma para os diálogos-jogos do cotidiano de ambas no embate com Madame. Em xeque, a crueldade da opressão nas relações domésticas, conflito de classe familiar ao Brasil.

A obra é menos sobre as assassinas em particular do que sobre os excluídos em geral. Não os excluídos que a luta de classes arregimentou para o seu exército de mártires, nem aqueles que a igreja resgatou para o céu. Mas sim os malditos. Aqueles que não têm sequer direito a uma identidade, que não existem e que apenas sobrevivem como animais. Quando não se tem nada a destruição pode ser o derradeiro gesto de dar um sentido à vida. Um gesto suicida que é simultaneamente o desejo de renascimento e regeneração. Talvez um povo onde abundam os excluídos, os encarcerados, os que não têm possibilidade de aspirar a nada dentro de uma sociedade que promove a ideia de que podem aspirar a tudo, carregue dentro de si um ódio destrutivo.

Nascido em 1981 em Ciechanów, Rychcik é um jovem diretor cuja reputação internacional alcançou grande projeção em apenas alguns anos. Originalmente estudante de literatura polonesa na Universidade de Varsóvia, Rychcik mudou de curso depois de experimentar o teatro de vanguarda polaco na faculdade. Ele continuou a estudar dirigir e trabalhou com pessoas como Krystian Lupa, um dos mais importantes diretores da Polônia. Usando estruturas não-lineares, coreografias precisas, mensagens não-verbais, gestos, sinais e figuras retóricas, ele já criou uma linguagem original reconhecível na cena teatral internacional.

Em As Criadas, Radosław Rychcik voltará a trabalhar com Michał Lis e Piotr Lis da banda The Natural Born Chillers, profissionais capazes de criar uma atmosfera específica para suas peças, executada por músicos brasileiros. Hanna Maciąg, uma jovem videoartista polonesa, também figurinista e atriz, será responsável pelo cenário e figurinos. Esta obra é uma realização entre Sesc São Paulo e Instituto Adam Mickiewicz, atuando sob a marca Culture.pl.

Ficha técnica

Autor: Jean Genet /  Direção e adaptação: Radosław Rychcik / Tradução: Ricardo Frayha, Ricardo Lisias / Música e vídeo: Michał Lis, Piotr Lis

Com: Bete Coelho, Denise Assunção, Magali Biff / Músicos: Gui Amaral, Marcos Leite Till, Zé Pi

 

Natal 2017 CN

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here