A PROTESTE –  Associação  Brasileira de Defesa do Consumidor realizou pela sétima vez teste com azeites de oliva extravirgens.  O teste tem como objetivo avaliar a autenticidade e a qualidade dos azeites extravirgens com maior representatividade no mercado brasileiro e outras marcas sugeridas pelos consumidores e associados da PROTESTE.

Foram analisadas 29 marcas de azeites, sendo elas: Allegro, Andorinha, Beirão, Borgel, Borges, Broto Legal, Carbonell, Cardeal, Carrefour, Cocineiro, Do Chefe, Filippo Berio, Gallo, La Española, La Violetera, Lisboa, Malaguenza, Maria, Mondegão, Olitália, O-live, Qualitá, Selmi Renata, Serrata, TAEQ, Terrano, Tordesilhas, Tradição Brasileira e Vila Flor.

Dos 29 produtos avaliados nesse teste, 5 marcas ditas extravirgens (Malaguenza, Lisboa, Borgel, Do Chefe e Tradição Brasileira) foram consideradas desclassificadas. As análises laboratoriais identificaram indícios da adição de outros óleos vegetais, ou seja, esses produtos não podem ser considerados azeite.

Vale lembrar que algumas marcas já haviam sido reprovadas em testes anteriores por apresentarem indícios de fraudes: Lisboa (2017) e Tradição Brasileira (do mesmo fabricante do azeite extravirgem Tradição – Monções Indústria e Comércio Eirelli EPP – reprovado em 2013, 2016, 2017).

Todas as marcas fraudadas (desclassificadas) foram classificadas como lampante na análise sensorial, enquanto outras 6 – Tordesilhas, Broto Legal, Serrata, Mondegão, Beirão e La Española – foram classificadas como virgens, ou seja, também foram identificadas como “fora de tipo”.

Alguns desses produtos – La Española (2013), Serrata (2013), Beirão (2013; 2016) – já haviam tido sua compra desencorajada em outros testes da Proteste.

Quanto ao envase, entre os azeites citados, quatro são envasados no Brasil: Lisboa, Malaguenza, Tordesilhas e Tradição Brasileira. Os demais produtos são envasados no país de origem. A marca Do Chefe não fornece informações sobre o envasilhador. Vale ressaltar que todos os fabricantes receberam os resultados de nossos testes, assim como a metodologia aplicada.

Melhores do teste ==  Os azeites extravirgens das marcas O-Live e Filippo Berio foram considerados o Melhor do Teste atingindo nota 96 na avaliação global. Os produtos Cocinero e Carrefour Discount foram identificados como Escolha Certa, tendo os melhores resultados para o binômio qualidade/preço.

Diante dos resultados do teste a PROTESTE enviará ao Ministério Público um pedido para que a fraude seja apurada. Além disso, os resultados do teste também serão enviados para o Senacon, Ministério da Agricultura, Anisa, Oliva, ABRAS, APAS e Supermercados. << Com apoio de informações/fonte: Assessoria de Imprensa da PROTESTE >>

aniversario bergamini

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora