Um auditório com boa plateia, cerca de 120 convidados, e o firme  propósito da dar sequência às homenagens aos 147 anos do bairro do Jaçanã, da Zona Norte/Nordeste, cuja a data oficial é 14 de setembro.  A sessão solene encerrou com chave de ouro as comemorações do aniversário do bairro, que contou com uma cerimônia cívica com o hasteamento das bandeiras na Praça do Rotary, um Concurso Miss e Mister 3ª Idade, uma exposição de fotos no Museu Memória do Jaçanã e um Bairro Lindo especial, com shows e serviços sociais.

No canto, o busto do antigo vereador João Brasil Vita, que teve dez mandatos consecutivos, de 1959 a 2000, e falecido recentemente, março de 2017, com 94 anos.   O Salão Nobre do 8º andar da Câmara Municipal de São Paulo leva seu nome e se o ex-vereador pudesse reencarnaria para ficar  junto ao público, nesta 4ª feira (04/10/2017), e bater palmas à sessão solene de homenagem ao famoso bairro imortalizado na voz de Adoniram Barbosa.

Autoridades  === Na grande mesa do auditório, o vereador Conte Lopes (PP) proponente da solenidade e presidente da sessão, ao lado da  chefe de gabinete do vereador Gilberto Nascimento Jr.  (PSC), Edna Andrade de Souza, representando o segundo vereador proponente da solenidade; o prefeito regional de Jaçanã/Tremembé, Alexandre Baptista Pires;  Dra. Valéria Rondinelli, Coordenadora de Saúde da região Jaçanã/Tremembé da Coordenadoria Regional de Saúde-CRS, representando o Dr. José Mauro Del Roio Corrêa; Daniel Munhoz, Gestor do Centro Educacional Unificado-CEU Jaçanã; e Nélson Ferreira Filho, líder comunitário do Parque Edu Chaves e representando a Comissão Organizadora dos Festejos de Aniversário do Jaçanã.

A partir daí foi feito a abertura  de praxe da sessão solene da Câmara Municipal de São Paulo, através do presidente da sessão plenária, o Vereador Conte Lopes: “Senhoras, senhores e autoridades – Está aberta a sessão, sob a proteção de Deus iniciamos nossos trabalhos. A presente sessão solene destina-se às Comemorações do Aniversário do bairro do Jaçanã, nos termos do Requerimento nº 1117, de 5 de setembro de 2017”.  Logo em seguida todos em pé ouviram o Hino Nacional.  Na sequência, agradecimentos e registros de presenças e mensagens de personalidades políticas e civis. Finalizando com a apresentação de vídeo mostrando um histórico do bairro e um breve balanço da gestão do prefeito regional Alexandre Pires,  ao som de violão da tradicional “Trem das Onze”.

União e força === O mestre de cerimônias convocou o prefeito regional Alexandre Baptista Pires para sua fala. Ele ressaltou o sentimento e o resgate pelo valor do bairro àqueles que fizeram história e aos que trouxeram o empreendedorismo para a região. E lembrou que a Prefeitura Regional faz o gerenciamento de ações, absorvendo a responsabilidade e distribuindo junto aos moradores. Demonstrou a homenagem aos empreendedores que deram empregos e esperanças aos moradores. Citou as ações de zeladoria, os programas do governo e os mutirões que não estão só mudando a “cara da região”, mas resgatando a cidadania. E finalizou: “Juntos, nós somos mais fortes!”.

Depois foi a vez da representante do vereador Gilberto Nascimento Jr., a chefe de gabinete Edna Andrade de Souza, que “fez referências à beleza do povo de um bairro muito querido” que não é só pela lembrança do Trem da Onze do Adoniram Barbosa. Lembrou que é um povo “zeloso e compromissado com o bairro forte junto aos comerciantes e empresários”. E, segundo ela, o bairro tem em seu nome a lembrança de uma ave magrinha, que  demonstra “esperteza e que é ligeira, como o povo da região”.

Discurso emocionado === Já o Vereador Conte Lopes dirigiu-se ao púlpito e, dentro de sua eloquência parlamentar, soube situar sua mensagem dentro do contexto das homenagens ao  Jaçanã.   Elogiou também a atual administração municipal e ao prefeito regional. Quanto ao prefeito João Doria lembrou que mensalmente se dirige à Câmara Municipal e mantém reunião com todos os vereadores, mesmo os da oposição. E lembrando seus 24 anos de deputado estadual, Conte Lopes disse que nunca presenciou a ida do governador à Assembleia Legislativa para reuniões semelhantes. E disse que estava “feliz e com muita emoção” na solenidade que homenageia uma região que conhece e “andou na Maria Fumaça”. E acrescentou que “conheço toda aquela região, pois nasci ao lado, na Vila Mazzei”.  Fez uma passagem histórica em sua carreira militar e na política  com seis mandatos de deputado estadual e os dois de vereador.

O vereador fez colocações de seu mandato para a região, principalmente na área de segurança, citando algumas ações – como o combate aos pancadões. “Nossa luta é do dia a dia”, acrescentou. E voltou a lembrar dos problemas de antigamente que “viveu e conviveu“ na região e que hoje ainda estão sendo resolvidos. E se emocionou ao lembrar que levava a sua carroça até um ponto de um rio para o cavalo “tomar água”. O vereador parou de falar e ficou com a voz embargada (sendo aplaudido), pois em uma época dura de sua vida vendia colchões que seu pai fabricava, percorrendo todos os bairros da região. E ainda com a voz trêmula, abreviou a fala, fez os agradecimentos finais e encerrou.

Música e mais música === Quebrando um pouco o ritmo das falas, 21 senhoras do Coral do Núcleo de Convivência do Idoso de Jova Rural, sob a regência com o  pandeiro do maestro César Perini, se dirigiram à frente para apresentação especial. E foram duas músicas com muita alegria e as senhoras dançando, em constante movimento e batendo palmas no ritmo: “Farinhada” ( “Eu tava na peneira, peneirando…Tava namorando”) e a tradicional “Trem das Onze”, de Adoniram Barbosa. Muitos aplausos.

Homenageados === E chegou o grande momento de homenagens às personalidades e autoridades  do Jaçanã, que contribuem para o desenvolvimento da região. À frente para entrega dos diplomas e de um mimo de recordação, o vereador Conte Lopes, o prefeito regional Alexandre B. Pires e a representante do vereador Gilberto Nascimento Jr., a chefe de gabinete Edna Andrade de Souza. E o mestre de cerimônia deu início às chamadas com pequenos perfis dos homenageados, na sequência das entidades/empresas:

  •  Rotary Club SP – Jaçanã – presidente Carlos Alberto Oliveira Rodrigues (2017/2018);
  •  Distrital Nordeste da Associação Comercial de São Paulo –  diretor-   superintendente Carlos Daniel Gonçalves;
  •  Metalúrgica Aliança – Bruno Rielli representando a diretora-presidente Sra. Daisy         Whitaker Kehl Löwenstein;
  •  Demolidora Nobre – diretora Eliane  Nóbrega (a empresa pela sua responsabilidade   ambiental foi a mais   premiada demolidora do Brasil);
  •  Clube de Campo Plêiades –  diretor Humberto Rett;
  •  Clube de Campo e Associação Atlética Guapira –  presidente Administrativo João   Carlos Keller;
  •  Sobel Indústria Química- Produtos de Limpeza –  Márcio Fávari representando o   diretor-presidente João Fávari
  •  Academia Pelé Fisioculturismo –  diretor Luiz Flávio Felício
  •  Hipermercados Bergamini – Egídio Gouveia Bergamini   representando o diretor-         presidente  Odílio Quirino Bergamini
  •  Supermercados X – Silvio Alves, diretor e fundador
  •  Museu Memória do Jaçanã –  (in memoriam) Sylviio Bittencourt, representado pela   esposa  Maria Mercedes Freitas Bittencourt e a filha Rosemary  da Conceição;
  •  Igreja Batista Renovada Água da Vida –  Pastor Omar Bianchi;
  •  Trem das Onze Moto Clube – Capitão Caverna
  •  Assaí Atacadista-Jaçanã –  Antonio Gilmar Trevelin (gerente) representando Belmiro   de Figueiredo Gomes (presidente do grupo).

No final, ainda foram homenageados alguns representantes da Imprensa local,  com entrega de mimos de recordação aos 147 anos do Jaçanã: Camila Alavarenga representada pela repórter Mariana Amud  (A Gazeta da Zona Norte), Maurício Benassatto (DiárioZonaNorte) e Marcos Seijo-“Beto” (ZN + Notícias).

Terminando a solenidade, uma foto oficial e coletiva com todos os homenageados. Mais fotos individuais e selfies. O vereador Conte Lopes, cumprindo regimento interno, vai ao microfone e dá por encerrada a sessão solene, que levou cerca duas horas de duração. Muitos abraços no ambiente que foi o tempo todo muito agradável e demonstrou alegria confraternizada por todos.

Houve  gritos de “Viva Jaçanã”. “Não posso ficar nem mais um minuto com você… moro em Jaçanã”. E todos se foram!

Além da galeria de fotos abaixo, veja a cobertura fotográfica completa aqui

 

Natal Center Norte 2018

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora