A Casa de Mediação é mais um serviço da Prefeitura da Cidade de São Paulo que visa estimular as pessoas em situação de conflito à busca de resolução pacífica para os de desentendimentos. Assistidos por um mediador imparcial, especialmente treinado para garantir um ambiente seguro e justo, onde as pessoas possam participar ativamente do processo de resolução de seus próprios problemas por meio do diálogo, estimulando o restabelecimento das relações de convivência entre as partes em conflito.

Todas as pessoas residentes na cidade de São Paulo podem requerer os serviços de mediação da rede, bastando demonstrar o interesse na resolução de seus problemas de forma rápida e sem burocracia, desde que não configure crime. A mediação é realizada com o auxílio de profissionais habilitados, num ambiente propício ao diálogo, visando a obtenção de uma solução por consenso.

Articulada com os demais órgãos do poder público local e com as demais forças atuantes na comunidade, as Casas de Mediação de Conflitos podem receber demandas oriundas das mais diversas origens, sempre que as causas dos conflitos possam ser tratadas fora da esfera judicial.

OBJETIVO == O objetivo da Rede Municipal de Mediação de Conflitos é contribuir para o estabelecimento de uma cultura de paz, auxiliando as pessoas a resolverem seus problemas sem o emprego da força ou da violência, garantindo assim a cidadania a todos os que optarem por essa modalidade de serviço público, contribuindo para uma maior rapidez na solução de controvérsias entre as pessoas, e contribuindo para um menor número de encaminhamentos às Delegacias, Tribunais e a outros serviços públicos indevidamente.

Poderão ser encaminhados às Casas de Mediação problemas tais como: Perturbação de sossego, brigas de vizinhos, queixas de barulhos, intolerâncias, entre outros tipos de conflitos. Fatos considerados como crimes, não comportam mediação.

ATENDIMENTO === Os serviços estarão à disposição da comunidade 24 horas, em 31 endereços das Unidades da Guarda Civil Metropolitana relacionados abaixo.
O cidadão poderá obter informações diretamente nesses locais ou por meio do telefone 153.

O serviço é totalmente gratuito, não havendo necessidade de advogado, e o sigilo e a privacidade, bem como o voluntariado são garantias oferecidas.

ENDEREÇOS

ZONA NORTE/NORDESTE
================

GCM – Santana – Praça Heróis da FEB – Santana – Fone: 2221-4962

(*) Jaçanã/Tremembé – (Pref. Regional)
Av.Luiz Stamatis, 300 – Jaçanã – Fone: 3397.1008 – 2240.7904

(*) Vila Maria/Vila Guilherme/Vila Medeiros – (Pref.Regional)
Rua General Mendes, 111 – V.Maria – Fone: 2971.8100

(*) Santana/Tucuruvi/Mandaqui
Av. Tucuruvi, 808 – Tucuruvi – Fone: 2939.8100

(*) Casa Verde/Cachoeirinha/Limão
– a ser implantada –

ZONA NORTE/NOROESTE
=================

(*) Freguesia do Ó/Brasilândia
Rua João Marcelino Branco, 95 – Fone: 3981.5054

(*) Pirituba/Jaraguá
Av. Dr. Felipe Pinel, 2 – Fone: 3971.2620

(*) Perus 
Rua Ylidio Figueiredo, 349 – Fone: 3396.8612

===============

Mais informações: Disque 156 ou 153.

===============

 

aniversario bergamini

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here