Para facilitar e agilizar o processo de bloqueio de celulares roubados e furtados, a Secretaria da Segurança Pública e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) firmaram parceria que permite à Polícia Civil acessar um sistema especial e bloquear os aparelhos sem a necessidade de solicitar às operadoras.

O sistema de Cadastro de Estações Móveis Impedidas (Cemi) é administrado pela Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABR Telecom) e comunica imediatamente o bloqueio a todas as operadoras.

Atualmente, policiais civis precisam entrar em contato com cada uma das empresas para pedir o cancelamento de IMEIS (número de identificação que todo celular tem). “Com o sistema, o celular será bloqueado imediatamente, o que vai impedir criminosos de utilizarem dados”, explica o delegado responsável pela Divisão de Tecnologia da Informação do Departamento de Inteligência da Polícia Civil (Dipol), Mitiaki Yamamoto.

Além da agilidade, agentes que até agora vêm atuando apenas na solicita- ção de cancelamentos poderão voltar ao trabalho efetivamente policial. “Todas as delegacias de polícia do Estado de São Paulo poderão efetuar os bloqueios conforme os pedidos das vítimas de extravio, furto ou roubo; porém, para isso, é sempre necessário o registro do boletim de ocorrência”, afirma Yamamoto. << Apoio de Informações/Fonte: Imprensa Oficial – Conteúdo Editorial Portal do Governo do Estado >>

 

aniversario bergamini

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here