da redação DiárioZonaNorte ===

Simplicidade e eficiência continuam  as marcas registradas do Conselho Comunitário de Segurança – CONSEG que abrange os bairros de Jaçanã e Tremembé, presidido por Sonia Daniel – em seu segundo mandato.  Como não poderia deixar de ser, continua o mais  bem frequentado – tendo em sua última reunião, realizada na 2ª feira (19/02/2018) cerca de 168 pessoas em sua platéia.   Na primeira reunião do ano, o CONSEG Jaçanã/Tremembé novamente fez seu encontro no salão da Paróquia São Luiz Gonzaga – cedido pelo   padre Benedito Hércules Daniel, no Jaçanã.

Autoridades === Para formar a   mesa de autoridades,  juntamente com a presidente Sônia Maria Daniel,  os membros natos: Capitão PM Wendel Gelonezzi Ramos – Comandante da 1ª Companhia do 43º Batalhão;  Dr. Thiago Chinelato – delegado adjunto do  73º Distrito Policial; Inspetor Rodrigues – da Guarda Civil Metropolitana Inspetoria Jaçanã//Tremembé; Alexandre Baptista Pires – Prefeito Regional de Jaçanã/Tremembé; Aparecida de Fátima Almeida Retamero – da Assessoria de Articulação Comunitária da SPTrans;  Eliana Seidel e Sandra Morgado Gorete do  Conselho Tutelar do Jaçanã e Dra Adriana Cristina Antunes – OAB Santana.  Não houve os comparecimentos da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), Sabesp e Ilume.   A reunião foi secretariada pelo vice-presidente Wiltone  David da Silva.

Após a execução do Hino Nacional,  sempre de forma serena e sentada em sua cadeira,  a presidente  tomava conhecimento das  demandas da platéia encaminhadas  através de formulários  e dava a palavra ao reclamante. Na  maioria dos casos, as autoridades presentes já respondiam e davam encaminhamento aos assuntos.

Vigilância Solidária === Moradores do Jardim Guapira, registraram no CONSEG sua preocupação com a segurança.  O lugar se transformou em local para assaltos e roubos de veículos e manifestaram o desejo em implantar o programa “Vigilância Solidária”, uma parceria da Polícia Militar do Estado de São Paulo e comunidade para ações de segurança, nas ruas do bairro.

Henri Janor na divisa do território === Outra comissão de moradores, agora da Avenida Henri Janor, expôs o aumento de criminalidade na área, com assalto a residências e roubo de carros Na avenida, além de residências, estão localizadas a Igreja do Avivamento Bíblico e o Centro Espírita Ismael.  Os moradores presentes, também manifestaram o desejo de implantar o programa “Vizinhança Solidária”.  O Capitão PM Wendel Gelonezzi Ramos lembrou que  apesar da rua estar no bairro do  Jaçanã – ela não fica na jurisdição da 1ª Companhia do 43º Batalhão e sim da  3ª Cia do 5º  Batalhão, sob o comando do Capitão PM Renato Fernandes dos Santos.  A via tecnicamente também pertence a Prefeitura Regional de Santana/Tucuruvi/Mandaqui.  O Capitão Wendel se comprometeu a entrar em contato com o Comandante Renato, e relatar o problema.

Parque Edu Chaves === Nelson Ferreira Filho – líder comunitário e diretor da Sociedade Amigos do Parque Edu Chaves – SAPEC —  fez uso da palavra para falar sobre problemas específicos do Parque Edu Chaves, entre eles o descaso da CET no que se refere a sinalização de várias ruas do bairro.  Também solicitou providências para um ponto de ônibus, localizado na Avenida Edu Chaves altura do número 1260 – em frente a Escola Estadual General Júlio Marcondes Salgado e ao lado da UBS Parque Edu Chaves.   Nelsinho também lembrou que falta segurança no entorno da Biblioteca José Mauro de Vasconcelos – localizada na  Praça Comandante Eduardo de Oliveira, 100 – no coração do  Parque Edu Chaves.

Novo CPM Jaçanã/Tremembé === Estavam presentes também, os novos membros do Conselho Participativo Municipal (CPM) do Jaçanã/Tremembé (gestão 2018/2019).  A secretária do CPM, Erika Provenciano Khatcherian, fez algumas observações sobre zeladoria e juntamente com o coordenador do CPM, Leonardo Alves Ribeiro, apresentou alguns membros da nova gestão do Conselho  e  informou aos presentes o dia e horário das reuniões, que são abertas ao público (toda primeira 5ª feira do mês – 19 horas —  no auditório da Prefeitura Regional Jaçanã/Tremembé.

Problemas e agradecimentos === Além das demandas trazidas pelos moradores, como bailes-funk, tráfico de drogas, transporte público, falta de faróis e segurança nas ruas, ocorreram muitos agradecimentos ao Conseg e as autoridades presentes, pelo que foi feito durante o ano de 2017.  Aliás, esse é o segredo de atrair tanto público: solucionar problemas e oferecer respostas rápidas para a população.

O Comandante da área Capitão PM Wendel Gelonezzi falou aos presentes sobre a atuação da PM durante o Carnaval e  explicou a importância do programa “Vizinhança Solidária”.  Ele também comentou as ações de reintegração de posse na região do Jardim Flor de Maio, que deverão ocorrer  nos próximos dias. O comandante  foi  muito cumprimentado por pessoas presentes na platéia pelo trabalho desenvolvido na região.

Zeladoria e prevenção === Em sua fala, o prefeito regional Alexandre Baptista Pires, agradeceu a presença dos munícipes e reafirmou a importância deste contato direto. Lembrou que além do CONSEG,  a população pode registrar suas demandas por meio do número 156.  Desta forma, o problema passa a existir no sistema (que gera um número de protocolo) e a solução pode ser acompanhada de uma forma mais efetiva.

Pires fez uma retrospectiva do trabalho desenvolvido por Jaçanã/Tremembé.  Desde sua chegada ao posto, em Janeiro de 2017, foram feitas 52 ações  dentro do programa SP Cidade Linda, contemplando os bairros mais carentes de sua regional, sendo o último realizado na Bortolândia (sábado – 17/02/2018).  Durante  as ações são realizados serviços como limpeza de bueiros, manutenção de galerias, manutenção de logradouros, operação tapa-buraco, pintura de guias contínuas, limpeza mecanizada e manual de córregos, plantio, podas de árvores, jardinagem em pontos viciados de descarte irregular. O prefeito não esteve presente em apenas duas das ações, por força de outros compromissos junto ao prefeito João Dória.

Trabalho invisível aos olhos da população === Lembramos que,  muitos dos trabalhos realizados pela Prefeitura Regional Jaçanã/Tremembé algumas vezes  não são percebidos pela população, por anteciparem problemas, oferecendo soluções e eliminando previamente o  problema, como no caso das obras de drenagem e desassoreamento de rios.  Em  2017, foi executado o desassoreamento do Córrego da Paciência na região da Praça Santa Constança e em breve, serão liberados recursos, para a continuação da obra.  Para evitar alagamentos nas épocas de chuvas de final do ano, foram executadas obras de drenagem nas Ruas Pascoal Pavan, Aperibé e João Luiz Bozzi, no Edu Chaves, para captação de águas pluviais, ligando com a Rua Liliental, com isso eliminando os alagamentos.

Respostas rápidas === De acordo com o prefeito Pires “Procuramos oferecer respostas rápidas para a população. Se não resolvendo, pelo menos amenizando problemas que se encontram aqui há anos.”   “Todas as demandas apresentadas aqui, foram registradas e daremos encaminhamento”, continuou o prefeito.    Sobre os pancadões, o Alexandre Pires lembra que há um trabalho preventivo, conjunto de inteligência  com a participação do Conseg e das  Polícias Militar e Civil, para detectar e evitar a formação dos bailes e que o trabalho está surtindo efeito.

Combate efetivo aos pancadões === A presidente Sônia Daniel complementou a fala do prefeito e afirmou que com o trabalho conjunto do CONSEG Jaçanã/Tremembé, Prefeitura Regional,  43º Batalhão, 73º Distrito Policial, CET e Conselho Tutelar,   já foram eliminados sete pontos onde se costumava haver esse tipo de evento:  Singapura Edu Chaves (dois locais), Recanto Verde, Furnas, Jardim Hebron, Rua dos Pinheiros e  Manoel Vieira da Luz.

Sônia Daniel encerrou os trabalhos, agradecendo a todos os presentes que confiam no trabalho do Conseg e  informou que a  próxima reunião será no dia 12 de março – 20h, sempre na segunda 2ª feira do mês.

Veja a cobertura fotográfica completa aqui, na fanpage do DiárioZonaNorte

sicredi_institucional

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora