O prefeito João Doria inaugurou neste sábado (10/02/2018) as intervenções de recapeamento feitas na Avenida Braz Leme, na Zona Norte de São Paulo – que abrange as jurisdições da Casa Verde e Santana. As obras foram realizadas entre 21 de dezembro de 2017 e 2 de fevereiro de 2018, com a requalificação da via em 3.700 metros (88.800 m²) da sua extensão, por meio do programa Asfalto Novo, que está promovendo ações de recape em todas as regiões da cidade. 

No evento, houve o comparecimento do Secretário Municipal das Prefeituras Regionais, Claudio Carvalho; o Secretário Municipal de Serviços e Obras, Marcos Penido; o prefeito regional da Casa Verde/Cachoeirinha/Limão, Mauro José Lourenço; a prefeita regional de Santana/Tucuruvi/Mandaqui, Rosmary Corrêa; e outros prefeitos regionais da Zona Norte, mais os representantes de entidades locais. A chegada do prefeito foi na jurisdição da prefeitura regional da Casa Verde, no número 480 da Avenida Braz Leme, em frente ao Charles Dog. Depois, o prefeito seguiu para o número 1959, no Posto Shell – que fica na jurisdição de Santana. Inicialmente houve o convite para nº 1.000 em frente ao moderno prédio da Totvs, que foi cancelado. E ainda pelo lado da jurisdição de Santana,  havia a possibilidade do prefeito ir até o número 2.335 onde fica a Padaria Gran Royalle para tomar um “cafezinho”.

Pela primeira vez, o recapeamento é feito parte com dinheiro do fundo de multas. Essa etapa do programa Asfalto Novo teve início em novembro de 2017 e foi dividida em dois lotes, beneficiando 76 vias. Está sendo feito um investimento de R$ 350 milhões em 257 km de ruas e avenidas. O fim dos trabalhos desta etapa está previsto para 30 de março.

Além da Avenida Braz Leme, as obras também já foram concluídas em outras regiões sem a Zona Norte.  A ação também está em andamento na avenida Engenheiro Caetano Álvares (Casa Verde), na Zona Norte – entre outras regiões da cidade. 

A conferir com o tempo de uso:  programa traz como grande novidade a qualidade superior do asfalto utilizado, que garante o dobro de durabilidade ao recapeamento. Numa exigência da licitação, o asfalto deve durar oito anos, ao contrário dos quatro exigidos anteriormente.

Nova etapa ==  Na última 5ª feira (08/02/2018), a Prefeitura anunciou a segunda fase do programa Asfalto Novo, com investimento de mais R$ 200 milhões, sendo R$ 45 milhões do Tesouro Municipal, R$ 100 milhões do fundo de multas, R$ 25 milhões da SPTrans e R$ 30 milhões financiados pelo Santander. <<Veja a matéria com relação de vias que serão recapeadas na Zona Norte – clique: https://bit.ly/2skgYAK >> 

Nesta nova fase, que começa no dia 1º de março e tem previsão de término em 30 de junho, serão recapeadas mais de 60 vias, num total de 147 km, contemplando todas as Prefeituras Regionais. Entre as vias está a Marginal Tietê, que terá 23 km recapeados, e a Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello.

A Avenida do Estado, que não recebe recape desde 2012, é outra via escolhida e terá as obras realizadas com os recursos provenientes do financiamento junto ao Santander. Serão asfaltados 9,7 km no trecho entre a Pres. Castelo Branco-Marginal do Tietê e o Viaduto Grande São Paulo. A mesma avenida terá ainda mais 3 km recapeados em uma próxima etapa, totalizando 12,7 km. << Com apoio de informações/fonte: Secretaria Especial de Comunicação – Secom/PMSP >>

 

sicredi_institucional

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora