De 08 a 22 de abril, sábados, às 14 horas, o Sesc Santana (Av. Luiz Dumont Villares, 579 – Jd.São Paulo/Santana – Informações: 2971.8700) apresenta uma série de três espetáculos de circo produzidos pelo

. A companhia acumula mais de 1000 apresentações com o intuito de difundir a cultura circense. Apresentações no Deck de entrada, grátis.Recomendação etária: livre. Duração: 60 minutos.  

Serão apresentados: “Carlos Felipe em Apuros”, “É Nóis na Xita” e “Besouro Mutante”, respectivamente. Confira a programação:

Carlos Felipe em Apuros | 08/04

Carlos Felipe é um homem elegante, educado e fino. Sua vida segue aparentemente em equilíbrio, mas seu universo é repleto de pequenos problemas. Utilizando técnicas de equilibrismo, malabares e de palhaço, é criado o enredo no qual personagem e plateia se entretêm juntos. Quase sem texto e com apenas um intérprete em cena, a produção explora essa interação entre público, artista e o espaço à volta.

A atuação fica por conta de Cafi Otta, responsável também pelo figurino, cenário e trilha sonora. O artista é especialista nas técnicas de malabarismo, monociclo, equilibrismo, acrobacia e palhaço, tendo experiência em importantes grupos de circo de São Paulo. Participou também da criação do Grupo Namakaca que produz e dirige o espetáculo.

==============

É Nóis na Xita | 15/04

Voltado ao público infanto-juvenil, o espetáculo apresenta Du Circo, Montanha e Cafi, três personagens que disputam os aplausos do público, aceitando os próprios equívocos como fonte de improvisação. Além de malabarismos, monociclos, acrobacias, equilibrismos e palhaçadas, a montagem conta com recursos musicais, trazendo ritmos tipicamente basileiros e instrumentos da cultura popular.

Direção de Ale Roit, interpretação de Cafi Ota, Du Circo e Montanha Carvalho e produção do Grupo Namakaca.

==============

Besouro Mutante | 22/04

Dois vendedores charlatões rodam o mundo divulgando seu incrível produto, o Elixixir Besouro Mutante, uma bebida milagrosa capaz de resolver todos os males, físicos e psíquicos, capaz de curar todas as mazelas que acometem a humanidade há séculos. Oriundo das planícies da Mongólia, o produto é composto de lágrima de camelo e xixi de besouro, e foi o responsável por transformar o fusca 73, antes conhecido como Tétano, em uma máquina incrível. Estes caixeiros viajantes contemporâneos usam suas habilidades circenses para convencer a plateia dos poderes do produto. Durante a demonstração tudo pode acontecer, até a transformação dos próprios espectadores, que descobrirão habilidades que nem imaginavam ter.

O espetáculo, o mais novo do grupo, investe em recursos visuais e sonoros. Concepção e roteiro do Grupo Namakaca, direção de Rhena de Faria, interpretação de Cafi Ota, Du Circo e Montanha Carvalho e produção do Grupo Namakaca.

 

aniversario bergamini

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here