Agora, as redes sociais dos brasileiros também serão analisadas pelo Departamento de Imigração dos Estados Unidos. A lei, que entrou em vigor dia 25 de maio, autoriza agentes da imigração a solicitarem o acesso às redes sociais dos últimos cinco anos.

As autoridades consulares e migratórias poderão requisitar ao solicitante, de qualquer visto, passaporte anteriores, cinco anos de dados de redes sociais, endereço de e-mail, últimos números de telefones utilizados, histórico de empregos, viagens e endereços também serão analisados até quinze anos atrás.

“As novas resoluções fazem parte de um esforço para tornar ainda mais rígida a verificação de potenciais visitantes aos Estados Unidos”, alerta de Daniel Toledo (*), especialista em direito internacional.

Há uma série de novos procedimentos nos consulados e um critério mais rigoroso que visa uma análise detalhada. É preciso que haja estrutura e planejamento.  O visto não pode se adaptar a pessoa. Não tem como maquiar dados ou números, e tentar burlar alguma exigência, pode sair muito mais caro. <Com apoio de informações/fonte: Carolina Lara Assessoria de Imprensa e Conteúdo >

—-

Daniel Toledo – O profissional é graduado em direito pela Universidade Paulista e especialização em Internacional Business and Global Law pelo Eckerd College – St Petersburg – entre outros.  Atualmente, é sócio fundador da Loyalty Miami.

 

aniversario bergamini

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here