da Redação DiárioZonaNorte

As equipes da Coordenadoria Regional de Saúde-CRS Norte da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), vacinaram durante o sábado e o domingo ( 28 e 29/10/2017 – em horário especial), exatas 156.848 pessoas contra a febre amarela. A abertura das  Unidade Báscias de Saúde (UBS) no final de semana faz parte do esforço da SMS em imunizar o maior número de pessoas contra a febre amarela, no menor prazo possível.  Até este domingo (29/10) foram vacinadas 371.130 pessoas contra a febre amarela.

Amplamente divulgado pela Imprensa e mídias sociais, incluindo as várias reportagens do DiárioZonaNorte, a SMS além de determinar a abertura das UBS no sábado e domingo, ampliou de 2ª a 6ª feira os horários de atendimento para vacinação preventiva contra a febre amarela nos postos das UBS da Zona Norte, das 7 às 19 horas.

Incidente no Jardim Peri === A vacinação no sábado ocorreu sem transtornos, no horário pré-estabelecido, das 8 às 17 horas. Foram vacinadas 85.776 pessoas.  Somente no domingo (29/10/2017) a UBS Vila Dionisia, no Jardim Peri, teve um incidente com a população hostilizando os funcionários, ao término do trabalho excepcional, às 14 horas. Algumas pessoas chegaram na fila em cima do horário de encerramento, agredindo verbalmente os funcionários da UBS, que lá estavam direto, sem intervalos, desde cedo. Esta mesma UBS vacinou no domingo 17 mil pessoas.

Procurada pelo DiárioZonaNorte, para que se manifesta-se sobre o incidente,  a Assessoria de Imprensa da SMS emitiu a Nota a seguir:

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de São Paulo lamenta o comportamento adotado pela população que chegou à unidade após o encerramento das atividades deste domingo agredindo verbalmente profissionais que, desde o último sábado (21/10), tem abdicado do relacionamento com suas famílias e até mesmo de seus horários reservados às refeições para garantir a prevenção, por meio da aplicação da vacina contra febre amarela, a toda população da Zona Norte da capital.

O horário de atendimento previsto para este sábado e domingo (das 8 às 17h e das 8 às 14h, respectivamente) foi amplamente divulgado em todos os meios de comunicação, permitindo, assim, a programação prévia das pessoas para comparecer dentro do intervalo previsto.

A campanha preventiva de vacinação continuará ao longo desta semana, inclusive algumas unidades estarão abertas no feriado de Finados (2/11).O público deste domingo foi proporcionalmente superior ao de sábado: em média foram aplicadas 11,8 mil vacinas por hora no domingo, contra 9,5 mil no sábado.

Em oito dias de atendimento ao público, mais de 371.130 pessoas já foram vacinadas. A expectativa era vacinar 500 mil pessoas em um mês.

A SMS reforça que tal campanha somente será encerrada quando vacinar 95% da população da Zona Norte, o que equivale a cerca de 2,5 milhões de pessoas e solicita que a população respeite os horários de atendimento, mas, principalmente, os profissionais que, incansavelmente trabalham para garantir a imunização de todos.

Felizmente, das 37 unidades (sem citar os postos volantes) que estão atendendo a população, apenas na Vila Dionísia foi registrado algum inconveniente.   Assessoria de Imprensa/Secretaria Municipal de Saúde – 29/10/2017 “

Esquema de guerra === Assim que o resultado dos exames sorológicos e histoquímico das amostras de um primata encontrado morto no Horto Florestal, terem confirmado a presença do vírus da febre amarela no Horto Florestal (meio da tarde de 6ª feira  – 20/10/2017), a Coordenadoria Regional de Saúde–CRS Norte criou-se um verdadeiro esquema de guerra e a logística de vacinação foi executada em questão de horas.

Dos três pontos de vacinação iniciais (sendo um volante) – montados emergencialmente no sábado (21/10) – com 4.126 pessoas imunizadas prioritariamente no entorno do Horto Florestal, a rede de UBS na Zona Norte com a vacina disponível, foi rapidamente ampliada para 37 pontos – funcionando com horário estendido .

Meta é 95% da Zona Norte === Até este domingo (29/10) foram vacinadas 371.130 pessoas contra a febre amarela.  São cerca de 60 mil vacinas por dia, conforme informou o secretário municipal da Saúde Wilson Pollara, durante coletiva de imprensa realizada na 6ª. feira (27/10). Na mesma coletiva, o secretário anunciou que no decorrer dos próximos 30 dias, todas as 91 UBS da Zona Norte irão fornecer a vacina. A meta é imunizar cerca de 2,5 milhões de pessoas (95% da Zona Norte da cidade).    O coordenador Regional  de Saúde Norte, Dr José Mauro Del Roio Correa, lembrou que “é importante orientar para a população saber se deve ou não tomar a vacina”.

Febre Amarela Silvestre e Urbana === O foco da vacinação são as pessoas que vivem ou trabalham na distância de 500 metros dos locais interditados (distância máxima que os mosquitos Haemagogus  e  Sabethes percorrem fora da mata), formando um cinturão de proteção contra a febre amarela na área urbana.   No ambiente urbano, é o  mosquito  Aedes aegypti (o da dengue),  que transmite a doença, ao picar uma pessoa com a doença.

Fumacê === A  Supervisões de Vigilância em Saúde (Suvis)  Jaçanã/Tremembé  iniciou o bloqueio de criadouros visitando os moradores da região do Horto Florestal, casa a casa, para orientar a população, identificar e eliminar possíveis criadouros do mosquito Aedes Aegypti  Foi realizada a  nebulização de aproximadamente 3.700 imóveis em uma área com população estimada em 9.361 pessoas.  Essas ações também foram iniciadas nos imóveis do entorno do Parque Anhanguera.  Os agentes da SUVIS estão em atuação diariamente e as visitas para eliminação de criadouros

Rede particular === Lembramos que a vacina na rede publica de saúde é gratuita. A mesma vacina, na rede particular, tem um custo em torno de R$ 280,00 e está em falta na maioria das clínicas da cidade.

Macacos não transmitem o vírus === Os  macacos não transmitem a febre amarela silvestre  e são apenas hospedeiros do vírus transmitido pelos mosquitos Haemagogus e Sabethes,  encontrados na zona de mata e que costumam circular em copas de árvores, local de repouso preferido dos macacos.    A morte de um primata infectado é um alerta para os humanos, indicando a existência do vírus no local.

Central de boatos == Segundo uma fonte da Secretaria Municipal de Saúde, canais como Facebook e WhatsApp se tornaram terreno fértil para centrais de boatos sobre a febre amarela.   Frases ou áudios como “uma amiga que trabalha no posto tal….”, um amigo que é “enfermeiro no hospital x”  dão início a boataria infundada sobre a vacinação e possíveis vítimas da febre amarela na cidade de São Paulo. Tais pessoas causam pânico e um desserviço à população.  Não há interesse das autoridades de saúde em esconder a situação.

Locais de vacinação (das 7 às 19 horas):

  1. UBS/AMA Jardim Peri – Av. Peri Rochetti, 914 – Jd. Peri
  2. UBS Horto Florestal – R. Luis Carlos Gentile de Laet, 603, esquina com rua. do Horto, 603 – Horto Florestal
  3. UBS Dona Mariquinha Sciascia – R. Dr. José Vicente, 39 – Tremembé
  4. UBS Vila Dionísia – R. Chen Ferraz Falcão, 50, Vila Dionísia
  5. UBS Lauzane Pauklista – R. Valorbe, 80
  6. UBS Vila Aurora – R. Jean Buff, 126
  7. UBS Conjunto Ipesp – Av. Profª. Virgilia Rodrigues Alves de Carvalho Pinto, 555
  8. UBS Wamberto Dias Costa – R. Paulo César, 60
  9. UBS Jardim Rosinha – R. Dalva de Oliveira, 82 – Morro Doce
  10. UBS Morada do Sol – R. Assis Brasil, 31, esquina com Pça. Luiz Vaz de Camões – Sol Nascente
  11. UBS Morro Doce – R. Alberto Calix, 55 – Jd. Canaã
  12. AMA/UBS Parque Anhanguera – R. Pierre Renoir, 100 – Via Anhanguera Km 24,5 – Jd. Britânia
  13. UBS/PSF Alpes do Jaraguá – Alameda das Limeiras, 46
  14. AMA/UBS Integrada City Jaraguá – Estrada de Taipas, 1648
  15. AMA/UBS Integrada Elísio Teixeira Leite – R. João Amado Coutinho, 400
  16. UBS/PSF Jardim Panamericano – R. Barra da Forquilha, 38 F
  17. UBS/PSF Jardim Rincão – R. Arroio da Palma, 67
  18. UBS/PSF União das Vilas de Taipas – Av. Elísio Teixeira Leite, 7.703
  19. UBS Recanto dos Humildes – Av. Pavão, 36A
  20. UBS Vila Caiuba – R. Presidente Vargas, s/n
  21. UBS Ilza Weltman Huztler – Rua Cel. Walfrido Carvalho s/nº
  22. UBS Vila Espanhola – Av. João Santos Abreu ,650
  23. UBS Vila Dionísia II – Rua 07 de Setembro,73
  24. UBS Jardim Guarani – Rua Santana do Araçuai, 160
  25. UBS Jardim Vista Alegre – Rua Ibiraiaras, 21
  26. UBS Silmarya R.M. Souza – Rua Euvaldo Augusto Freire, 20
  27. UBS Jardim Paulistano – Rua encruzilhada do Sul, 220
  28. UBS Anhanguera I – Rua Marcela Alves de Cássia, 175
  29. UBS/AMA Jardim Ipanema – Rua Pedro Ravara, 11A
  30. UBS Jardim Apuanã – R Hum, 19
  31. UBS Jardim Fontalis – R. Antonio Picarollo, 41
  32. UBS/ESF Jardim das Pedras – R. Clóvis Salgado, 220
  33. UBS Jardim Flor de Maio – Av. Nova Paulista, 561
  34. UBS Jardim Joamar – R. Adalto Bezerra Delgado, 230
  35. UBS Dr. Osvaldo Marçal – R. Antonio Joaquim de Oliveira, 220
  36. UBS Vila Nova Galvão – R. Alpheu Luiz Gasparinni, 116
  37. AMA/UBS Integrada de Perus – Praça Vigário João Gonçalves de Lima, 239

 

CN Institucional

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora