Você não acredita quanto evoluímos e,  em pouco tempo, chegamos em um mundo cibernético. E para muitos as recordações ainda estão vivas com o “macaco preto” (na gíria, aquele telefone de disco, preto), o antigo Prológica que usava o disquete  enorme conhecido como “bolacha” (5 ¼), a impressionante máquina de calcular números cheia de “manivelas”… e muito mais. Estão todos preservados para você recordar e mostrar para seus filhos quanto era muito mais difícil. Hoje, tudo se tornou mais fácil e na rapidez de segundos.

A Coopermiti, cooperativa de reciclagem de eletrônicos, irá expor todo este material no Museu de Antiguidades, junto à 3ª Feira de Artes de Pirituba, neste final de semana (sábado e domigo, 3 e 4/02, das 21 às 21h30). Em seu estande a história da tecnologia com diversos equipamentos antigos – como Atari, máquina de datilografia, telefone da Telesp, entre outros aparelhos. A cooperativa também realizará uma oficina de arte com lixo eletrônico para crianças de 6 a 10 anos,  que poderão pintar quadros e fazer colagem de peças eletroeletrônicas para compor a obra.

Doações === Aproveite para desfazer de material fora de uso em sua casa ou escritório. Durante o evento também serão aceitos equipamentos quebrados ou sem uso para descarte: computadores, CPUs, notebooks, impressoras, aparelhos de som, celulares, carregadores, fios, cabos, televisores, microondas, liquidificadores, fogões, batedeiras, entre outros. Há alguns itens  não serão aceitos: lâmpadas, pilhas, baterias, cartuchos de tinta, toner, fitas magnéticas e TVs/monitores rachados.

“A participação da Coopermiti em um evento como esse pretende promover a educação ambiental e cultural, alertar crianças, jovens, adultos e toda a família sobre a importância do descarte regular de resíduos eletrônicos”, afirma Alex Pereira, presidente da empresa.  Estes equipamentos podem liberar materiais como mercúrio, cádmio, cobre, cromo —  entre outros —  que contaminam o solo e o lençol freático, em grande impacto ambiental.

Feira de Artes === Em comemoração aos 113 anos de Pirituba, junto com a Prefeitura Regional, a 13ª Feira de Artes tem uma extensa programação nos dois dias do evento: música ao vivo com três palcos, oficinas criativas, pintura e grafite, comidas típicas, food truck, performances e apresentações de teatro. Aproveite os momentos com os amigos e a família. Traga as crianças.

O que é Coopermiti ===  é uma cooperativa sem fins lucrativos e central de triagem de resíduos eletroeletrônicos, pioneira no Brasil a ser conveniada com um órgão de gestão pública do governo municipal.  Ela opera soluções para o desfazimento do lixo eletroeletrônico (computadores, CPUs, impressoras, rádios, celulares, televisões, microondas, eletrodomésticos, entre outros), utilizando-se desse processo para realizar um trabalho de inclusão social, inclusão digital, capacitação, educação ambiental e cultura. Todo material recebido ou coletado após triagem é destinado, reciclado ou reutilizado, gerando renda aos cooperados e proporcionando doações. O material chega à Coopermiti através de entrega voluntária ou agendada para retirada, mais  coleta nos PEVs (pontos de entrega voluntária de parceiros) para e-lixo espalhados em alguns pontos do município. Na empresa há o Museu da Antiguidade com acervo de materiais antigos, como computadores, telefones, celulares, máquinas de escrever, etc. e uma Oficina de Arte, onde as obras são compostas por resíduos eletroeletrônicos.

Mais informações: http://www.coopermiti.com.br – Sede: Av. João Rudge, 366 – Casa Verde – (11) 3666.0849.   <<< Com o apoio de informações/fonte: Trópico Comunicação >>

Veja a programação abaixo:
Dias 03 e 04/02/2018 – sábado e domingo
  • 12h às 21h30 – Exposição do Museu de Antiguidades
  • 12h às 21h30 – Coleta de resíduo eletroeletrônico
  • 15h às 16h00 – Oficina/crianças de 6 a 10 anos – máximo 30 participantes por dia.
Serviço:
  • 3ª Feira de Artes de Pirituba – 113 Anos de Pirituba
  • Local: Parque São Domingos – entorno
  • Referências: Rua Luis Elias Attiê esquina com a rua Rumy de Ranieri – altura do número 1100 da Avenida do Anastácio – City América/São Domingos
  • Estacionamento grátis: Bolsões na Avenida do Anastácio.
CN Institucional

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora