Não deu outra.  Temperaturas em torno dos  30ºC, com taxas de umidade do ar entre 48% e 90%… Resultado?  Pancadas de chuva por toda a cidade de São Paulo, acompanhadas de fortes rajadas de vento.  O Corpo de Bombeiros registrou 41 chamados de pontos de alagamentos e sete quedas de árvore.

A Zona Norte foi bastante afetada. Por volta das 15h30,  diversos registros de  chuva de granizo – popularmente  conhecida como “chuva de pedra”.  Houve picos de energia em vários lugares, com queda em várias ruas. Foi o caos.  As  regiões da Freguesia do Ó, Pirituba e Tremembé  teve estado de alerta decretado pelo Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), após transbordamento de córregos.

As enchentes foram registradas nos velhos locais como a Cruzeiro do Sul, Zacki Narchi, Ataliba Leonel, Avenida Dumont Villares, Avenida Júlio Buono, Avenida Mendes da Rocha  e nos bairros da Vila Maria, Vila Guilherme, Vila Medeiros, Jaçanã, Tremembé, entre outros.

Os leitores do DiárioZonaNorte começaram a enviar mensagens e fotos pelo WhatsApp (9-8438.9684) e no inbox da fanpage. Imagens muito impressionantes com as águas tomando as vias públicas.

Prefeituras Regionais enfrentram a primeira crise  ===  Uma verdadeira prova de fogo, para os Prefeitos Regionais que completaram hoje (07/01/2017), seis dias no cargo.

Jaçanã/Tremembé  ===  O prefeito regional do Jaçanã/Tremembé, Alexandre Baptista Pires, estava cumprindo agenda de trabalho e, junto aos membros da Defesa Civil foi acompanhando as ocorrências em sua área. “Graças a Deus, nenhuma informação de urgência. Já nos colocamos à disposição da população para ver o que aconteceu e o que poderemos resolver adiante”, declarou.

Vila Maria/Vila Guilherme/Vila Medeiros ===  o prefeito regional Dário José Barreto acompanhou a queda de uma árvore com 12 metros de altura na Av. Júlio Buono, que não teve consequências graves. O engenheiro Paulo Ruano, da prefeitura regional,  trabalhou em conjunto com a Defesa Civil, Bombeiros e Eletropaulo, no mapeamento das ocorrências.

Em outros locais previsíveis, ocorrências de  enchentes. “Vamos agora fazer um levantamento de tudo e teremos reuniões para tentar resolver as questões e minimizar as consequências”, segundo Dário.

Prefeituras Regionais Santana, Casa Verde e Freguesia do Ó ===  Já os prefeitos regionais de Santana/Tucuruvi/Mandaqui, Casa Verde/Cachoeirinha/Limão e Freguesia do Ó/Brasilândia – respectivamente Rosmary Corrêa, Paulo Cahim e Roberto Godoi – foram surpreendidos também pela tempestade nas suas regiões e ficaram em contato direto com as Defesas Civis.

Secretário das Prefeituras Regionais acompanhou em Tempo Real === Todos eles, farão um balanço do que aconteceu com as soluções possíveis. As informações serão encaminhadas ao Secretário das Prefeituras Regionais, Bruno Covas. “Ele ficou em contato direto no celular, preocupado com a situação e querendo notícias. E já nos cobrou por soluções”, disse um dos prefeitos regionais.

A estação Jardim São Paulo  – Ayrton Senna (Linha Azul do Metrô), ficou totalmente alagada. Em vídeos divulgados pelas redes sociais,  foi possível  ver o volume de água dentro da estação.   As composições passavam pela estação, sem parar, em direção à  Parada Inglesa. O serviço foi retomado  por volta das 19h.

Já o Campo de Marte teve sua operação suspensa  por falta de condições para pousos e decolagens.

Previsão do Tempo ===  No domingo (08) existe a previsão de novas pancadas.  Os termômetros deverão chegar , na madrugada, em  21ºC  com  probabilidade de chuva fraca e isolada.

No período da tarde são esperadas novas pancadas de chuva.  Que deverão vir  acompanhadas de descargas elétricas e eventualmente rajadas de vento, o que aumenta o potencial para queda de árvores. Umidade do ar com valores entre 60% e 95%

A próxima semana será marcada por temporais típicos de verão. A segunda-feira (09) vai começar com uma madrugada quente e abafada. O sol não deve predominar ao longo do dia, que terá muitas nuvens.

aniversario bergamini

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here