O horário de verão, que teve início em outubro do ano passado, acaba à  meia-noite deste sábado (17/02/2018), quando os habitantes  de 10 estados das regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste e do Distrito Federal devem atrasar o relógio em uma hora.

Com o fim do horário de verão, o  horário no leste do Amazonas e nos estados de Roraima e Rondônia ficará  1 hora “atrasado” em relação a Brasília. Já o horário do oeste do Amazonas e Acre ficará  2 horas atrás.

Economia de Energia Elétrica ===  Instituído em 1931, o horário de verão  tem o  objetivo de economizar energia elétrica no país, com o  maior aproveitamento do período de luz solar.  No ano de Em 2008, se tornou permanente e  passou a vigorar sempre no  terceiro domingo de outubro até o terceiro domingo de fevereiro do ano seguinte.

Em 2017, o presidente Michel Temer chegou a  avaliar o fim do horário de verão, com base em um estudo do Ministério de Minas e Energia indicou que o programa vem perdendo efetividade, em razão do aumento do consumo de energia elétrica se dar pela temperatura do que ao horário, com picos nos horários mais quentes do dia.

Lembramos que, o país enfrente um período de estiagem.  Reservatórios como o Cantareira, por exemplo, estão em 51% de sua capacidade.  Com  hidrelétricas com níveis de água reduzidos, o  governo faz uso cada vez mais das  termelétricas (de operação mais cara) e até mesmo a importar energia de outros países.

Mudanças na duração do horário ===   A solução adotada pelo governo federal foi a edição de um decreto que reduz a duração do horário de verão. Como este ano é eleitoral, o horário de verão terá início no dia 04 de novembro –  um final de semana após o segundo turno das eleições  (28 de outubro), atendendo um pedido do  Tribunal Superior Eleitoral (TSE), evitando assim  atrasos na apuração dos votos e na divulgação dos resultados do pleito.

De acordo com o TSE, no  Acre  com o horário de verão em vigor, as urnas seriam  fechadas três horas depois de a contagem de votos já ter sido iniciada nas regiões Sul, Sudeste e parte do Centro-Oeste.

Linhas de ônibus intermunicipais ===  Com isso, as linhas de ônibus intermunicipais gerenciadas pela EMTU/SP vão operar por uma hora a mais até a meia-noite do novo horário (1 hora da madrugada do antigo horário de verão). A partir de domingo (18) as linhas cumprirão a tabela horária normalmente.

Terminal Rodoviária === A Socicam Terminais de Passageiros, administradora dos terminais rodoviários do Tietê, Jabaquara, Barra Funda e Turístico de Guarulhos,  informa que, durante a mudança de horário, as partidas ficarão paralisadas por uma hora. No período de transição, os relógios dos terminais também serão paralisados, e as horas serão informadas somente por meio dos sistemas de som.

Os ônibus com partidas programadas até as 23h59 de sábado, dia 17, sairão normalmente, obedecendo ao horário antigo. Na sequência, haverá a paralisação de 60 minutos, retomando com as partidas previstas a partir da zero hora de domingo, 18 de fevereiro, já respeitando o novo horário.

Os usuários que tiverem dúvidas sobre o horário de embarque poderão esclarecê-las diretamente nas empresas de ônibus.

sicredi_institucional

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora