Por trás desta história, 80 anos do Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região – SETCESP – localizado na Vila Maria, Zona Norte/Nordeste, aos pés da Via Dutra (*1). Agora, imagine para contar os detalhes, as minúcias e os envolvimentos de gente empreendedora, um escritor de renome e conhecido: nada mais e nada menos do que Ignácio de Loyola Brandão.

Ele mesmo, o contista, romancista e jornalista que nos brindou com obras como Zero, Não Verás País Nenhum, Dentes ao Sol e Bebel que a Cidade Comeu – entre outros. Loyola Brandão costurou as informações da pesquisa da historiadora Terezinha Melo e produziu o livro (*2) “SETCESP – 80 anos Transportando o Futuro”, com 143 páginas em detalhes e imagens históricas registrando oito décadas do setor de transporte rodoviário de cargas.

No livro, momentos difíceis e, ao mesmo tempo, de progresso que empresários buscavam os novos caminhos nas estradas. A velha Estrada de Santos, conhecida como Caminho do Mar,  e o início da construção da Via Anchieta, que levavam os caminhões Fenemês — ao lado dos GMC e dos Ford – para embarcar as cargas no Porto de Santos.

Muita história nos capítulos da política e da economia. Tudo isto são registros  em um livro histórico, de pesquisa, que foi produzido na gestão do atual presidente do SETCESP, Tayguara Helou – que, por sinal, tem um vínculo muito íntimo com a Vila Guilherme, na Zona Norte/Nordeste, e ao lado de seu pai Urubatan Helou e a forte participação da Braspress, na região (*3).

LANÇAMENTO DO LIVRO ===   Aconteceu na sede do SETCESP,  no dia 11/04/2017,  o almoço de lançamento do livro, com a presença do autor da obra, o escritor Ignácio de Loyola Brandão e ex-presidentes que marcaram época na entidade. O livro é fruto de mapeamento, identificação e análise de diversos documentos que integram o acervo e história do maior sindicato patronal do setor em toda a América Latina, o SETCESP, o livro faz um recorte completo sobre a história do sindicato, desde sua inauguração na década de trinta até os dias atuais, contando, por meio de relatos de personagens importantes do segmento, as passagens mais emocionantes da entidade e do transporte rodoviário de cargas brasileiro, conforme explica o autor da obra: “Ao longo de 80 anos o SETCESP vive batalhas em cima de pautas que ainda residem no Congresso Nacional. Até por isso, esse livro tem um esforço e uma alma que busquei colocar em cada página dessa obra”.

Ignácio de Loyola Brandão também comentou sobre a experiência de escrever sobre o setor de transportes de carga: “A minha relação com caminhão é uma das minhas grandes lembranças da infância, quando eu pegava a ‘rabeira’ de caminhão em Araraquara. Com certeza vou colocar esse livro na minha bibliografia. Valeu a pena escrever essa história”.

Para o presidente do SETCESP, Tayguara Helou, o livro vai contribuir para que o transporte de cargas seja mais valorizado: “Estamos há oito décadas lutando por esse setor e, nesse sentido, o livro vai impor um quadro completo das nossas batalhas, especialmente porque conseguimos criar um livro à altura da nossa entidade com uma pesquisa detalhada feita por uma historiadora, a capa artística que ilustra o Palácio dos Transportes, sede do SETCESP, e por fim, um texto escrito por um renomado escritor”.

—-

(*1) SETCESP – Rua  Orlando Monteiro, 21 – Vila Maria, São Paulo – SP –  Fone:(11) 2632-1000 – setcesp@setcesp.org.br

(*2) O projeto foi desenvolvido pela DBA Editora e contou com o patrocínio das empresas mantenedoras do SETCESP: Buonny, Ipiranga, Man Latin, Mercedes-Benz, Pamcary, Sascar, Ticket Log e VB.

(*3) Leia a reportagem: “Após 17 anos Braspress deixa a Vila Guilherme e segue para Guarulhos”:      http://bit.ly/2pWC7PT

aniversario bergamini

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here