Após atingir a marca de mais de 200 mil exemplares vendidos com o best-seller “Por que fazemos o que fazemos?”, Mario Sérgio Cortella lança seu mais novo livro. Em “A sorte segue a coragem! Oportunidades, competências e tempos de vida”, o filósofo afirma que não se pode atribuir a forças externas, quase que místicas ou mágicas, os acontecimentos favoráveis ou desfavoráveis na vida.

Em vinte capítulos (192 páginas – R$34,90), o autor discute comportamentos comuns a grande parte das pessoas quando se trata da busca pelo êxito e aponta caminhos para que cada um cultive a própria sorte. A concepção de coragem, por sua vez, refere-se a uma força virtual – no sentido de que tem potencial para se realizar – que se dá de forma organizada e consciente.

Tal força se caracteriza por ser uma disponibilidade, uma inclinação para uma ação eficaz, mas que precisa estar estruturada. Segundo Cortella, se há despreparo, não há coragem, mas sim uma atitude temerária, impulsiva e leviana.  Imaginar que coragem é meramente essa euforia preparatória e que seria suficiente para lançar-se em alguma atividade só faz aumentar a probabilidade de desastre.  Dessa forma, a sorte segue, lado a lado, a coragem.

SOBRE O AUTOR:   Mario Sergio Cortella é filósofo e escritor. Mestre e Doutor em educação, o professor lecionou na PUC/SP por 35 anos. Foi secretário municipal de Educação de São Paulo (1991-1992) e assessor especial e chefe de gabinete do professor Paulo Freire. Comentarista da Rádio CBN e da TV Cultura, é autor de mais de trinta livros com edições no Brasil e exterior. << Com apoio de Informações/fonte: Assessoria de Imprensa Editora Planeta >>

Leia o trecho do primeiro capítulo do livro “A SORTE SEGUE A CORAGEM”:

Clique no link para ser redirecionado:    http://bit.ly/2BEPs0d

 

CN Institucional

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora