O Metrô de São Paulo vai ampliar o serviço de internet gratuita (wi-fi) para 40 estações. A partir de domingo (05/02/2017)  a novidade estará disponível em mais 14 estações; as 20 restantes terão o sinal aberto no dia 19. A operação plena do novo serviço ocorrerá no dia 1º de março nas 40 estações (ver abaixo).

Atualmente, seis estações (Sé, Paraíso, Ana Rosa, Jabaquara, Tamanduateí e Vila Prudente) dispõem de wi-fi em áreas livres e pagas, com exceção das plataformas, por medida preventiva de segurança.

A rede wi-fi no Metrô tem capacidade suficiente para o passageiro navegar em sites, utilizar redes sociais e aplicativos, além de enviar e-mails. Nas estações mais movimentadas há infraestrutura instalada de fibra óptica e equipamentos de propagação de wi-fi para alta concentração de usuários, similares aos utilizados no Metrô de Paris e no Eurotúnel (que liga o Reino Unido ao norte da França), para garantir acessos simultâneos.

TESTES – Para se conectar, o usuário faz seu cadastro (nome, e-mail e telefone) ou usa dados do Facebook ou LinkedIn. Cada pessoa poderá usar a rede por 15 minutos. Após esse período, ela pode se reconectar e verá a mensagem Bem- -vindo de volta. Não há limite de acessos.

INVESTIMENTO E PUBLICIDADE == Inicialmente, o serviço passará por testes de aperfeiçoamentos técnicos. O Metrô fez chamamento público para instalar wi-fi em todas as estações. Vencedora, a empresa N1 Telecom é responsável pelo serviço nas primeiras 40 estações. Em troca do investimento em infraestrutura e equipamentos, as empresas explorarão publicidade de conteúdo on-line. Durante um ano, será analisado o desempenho do negócio para aprimorá-lo, se necessário, em contrato de concessão de longo prazo.

PONTOS DE BATERIA E ESPAÇOS DE CONVIVÊNCIA == As demais, das linhas 1, 2 e 3, continuam disponíveis para a oferta do serviço. Pelo acordo, as estações também receberão sinalização especial, as wi-fi zones, informando o público sobre a disponibilidade do serviço. Em algumas delas, haverá pontos para carregamento de bateria do celular e banquetas para proporcionar mais conforto aos usuários. A instalação de espaços de convivência dependerá do interesse e investimento dos patrocinadores.

ESTAÇÕES COM WI-FI GRÁTIS  — A partir de 5 de fevereiro • Linha 1-Azul: Armênia, São Joaquim, Vergueiro, Paraíso*, Ana Rosa*, Santa Cruz, Santana e Jabaquara* • Linha 2-Verde: Brigadeiro, TrianonMasp, Tamanduateí* e Vila Prudente* • Linha 3-Vermelha: Marechal Deodoro, Santa Cecília, Brás, Patriarca, Carrão, Vila Matilde, Guilhermina-Esperança e Sé* (*) já em funcionamento

A partir de 19 de fevereiro • Linha 1-Azul: São Bento, Luz, Portuguesa-Tietê, Vila Mariana e Tucuruvi. • Linha 2-Verde: Consolação, Clínicas, Vila Madalena e Sacomã • Linha 3-Vermelha: Tatuapé, Corinthians-Itaquera, Artur Alvim, Penha, República, Anhangabaú, Bresser, Belém e Palmeiras-Barra Funda • Linha 5-Lilás: Santo Amaro e Largo Treze

MAIS METRÔ – LINHA 4 == Outra novidade é a previsão de entregar à população a Estação Higienópolis–Mackenzie da Linha 4-Amarela do Metrô ainda neste ano, informa a Secretaria de Transportes Metropolitanos. Na sequência, devem ficar prontas as estações Oscar Freire, São Paulo– –Morumbi e Vila Sônia. Atualmente, elas estão sendo construídas por 700 operários. Administrada pela Via Quatro Amarela, a linha entrou em operação em maio de 2010. (por Claudeci Martins Imprensa Oficial – Conteúdo Editorial / Assessoria de Imprensa da Secretaria dos Transportes Metropolitanos)

aniversario bergamini

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here