No dia 14 de fevereiro a  categoria decretou estado de greve, quando reivindicava o valor mínimo da PR em  R$ 5.791,87.

O pagamento será efetuado da seguinte forma:

  •  Valor mínimo: R$ 5.816,18
  • Pagamento em duas parcelas  de R$ 2.000,00 nos dias 15/3 e 31/3.  No dia 15/05  será pago o saldo restante de R$ 1.816,18.
  • Aqueles que receberão mais que o valor mínimo (por terem maiores salários), terão o       pagamento do saldo em 29/9.

Contribuição solidária  ==  A categoria aprovou desconto de 1% do valor recebido da PR na parcela de 31/3. O valor será destinado para o pagamento da PR dos funcionários do Sindicato e também aos metroviários demitidos.

Dia Nacional de Paralisação === Os metroviários devem aderir ao Dia Nacional de Paralisação contra as reformas da previdência e trabalhista no dia 15 de março. Dia 14 terá uma assembleia para decidir.

CN Institucional

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora