Os metroviários de São Paulo decidiram  paralisar suas atividades por 24 horas, na 6ª feira (05/05/2017). Nova assembleia está marcada para o dia anterior, 5ª feira (04/05), às 18h30,  para decisão final.

Segundo o Sindicato dos Metroviários, a assembleia realizada 3ª feira (02/05) aprovou a greve por conta da postura da empresa em aumentar a jornada dos metroviários. Apesar de declarar que é favorável à Intrajornada de meia hora, o Metrô está implantando o intervalo de uma hora de forma autoritária, aumentando a jornada e provocando muitos transtornos aos metroviários.

Na nota, os metroviários alegam que a sentença do juiz não autoriza nenhuma alteração de escala, não determina horário de entrada ou saída, não autoriza o Metrô a fazer mudança de escala e não determina horário de intervalo entre a 4ª e 6ª hora. E concluem que a Cia. do Metropolitano de São Paulo está cometendo vários abusos.

Encerra a nota informando que o Sindicato sempre lutou pela manutenção dos 30 minutos e propôs ao Metrô que momentaneamente a Intrajornada de uma hora ocorresse dentro das jornadas atuais. Lamentamos as mentiras divulgadas pela empresa.

=====

 

aniversario bergamini

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here