O presidente Michel Temer participou  nesta 4ª feira (04/10/2017), na sede do Grupo De Nigris – concessionária da Mercedes Benz –   no bairro do Limão/Casa Verde,  Zona Norte de São Paulo, de uma cerimônia para a entrega de 225 ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), ao lado do ministro da Saúde  Ricardo Barros e da senadora Marta Suplicy.  Estava prevista a vinda do governador Geraldo Alckimin (PDSB), que acabou desistindo na última hora.

Os veículos renovarão  parte da frota do Samu de 90 prefeituras de 16 estados. Ao todo, 2.249 novas veículos serão renovados. Ainda foram entregues 402 ambulâncias para ampliar os serviços a 134 municípios que não tinham acesso ao Samu.

“A verdade é que, ao longo do tempo, nós vamos entregar ambulâncias a todos os municípios brasileiros. E isto é uma coisa que revela bem a preocupação social do nosso governo”, afirmou Temer. Com a entrega desta quarta-feira (4), a taxa de renovação da frota do Samu chegou a 57%.  Jamais nos olvidamos da responsabilidade social nos mais variados patamares (…) e além de outro patamar social que é o atendimento por meio das ambulâncias”, disse.

Orçamento  === Com economia de R$ 4 bilhões promovida pelo Ministério da Saúde, foi possível assegurar o orçamento de R$ 1,2 bilhão ao longo do ano, que foi aplicado para melhoria dos serviços de saúde, sobretudo na atenção básica. “Com esses recursos que estamos podendo entregar novos serviços e credenciar novos serviços”, afirmou o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

O orçamento anual viabilizou a aquisição de mil vans para transporte sanitário eletivo; 1,5 mil ambulâncias do Samu e 6,5 mil ambulâncias brancas, usadas para transportar pacientes que não têm como se locomover para chegar aos postos de saúde e hospitais.  <<com apoio de informações da SECOM/Presidência da República>>

 

Organicos

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora