Muitas histórias correm a céu aberto no bairro do Jaçanã. Sempre há alguma relação com o famoso Trem da Cantareira, que chegava até o Asilo dos Inválidos (o hoje Hospital Geriátrico e de Convalescentes D.Pedro II), na Avenida Guapira, Jaçanã. Ali em frente ficava a Estação de Trem imortalizada pelo Adoniran Barbosa, no “Trem das Onze”.  Depois, mais adiante, a linha do trem chegou a Guarulhos. A última viagem foi em 31 de maio de 1965. Lá se vão 52 anos no meio de tanta história.

AS LEMBRANÇAS === Mas naquele trecho do Jaçanã, hoje está a Praça Dr. João Batista Vasquez – conhecida como Praça do Jaçanã – e a Av. Benjamim Pereira (a que vem do Supermercados Sonda), mais adiante está o Hospital São Luiz Gonzaga – que, na época, era  o Leprosário Guapira em uma fazenda de 160 alqueires da Santa Casa de Misericórdia. Tudo ali era aberto no campo entre sitios e fazendas, com o tempo as casinhas foram sendo construídas.

UMA ÉPOCA SADIA === “Aqui nesta avenida tinha uma grande porteira sobre a linha do trem, que ficava aberta, mas quando vinha a boiada a gente saia correndo para fechá-la. Era perigo à vista porque podia ter um estouro da boiada”, conta o aposentado Mauro da Silva, nascido e criado no Jaçanã nos seus 86 anos. E junto às reminiscências do local, o Sr. Sylvio Bittencourt criou o Museu Memória do Jaçanã que incorporou também Adoniran Barbosa. Diante do que se passou no passado, Mauro Silva e muitos moradores tem saudade das brincadeiras da época, junto com o Taco de Rua. “Lembrar deste passado é viver o lado alegre e sadio de uma época muito boa”, lembram.

O RESGATE DO PASSADO === No domingo passado (25/06/2017) houve um jogo de realidade com os passados de muita gente. Ali neste meio saudosista retornou um jogo e uma brincadeira sadia que muita gente tem muita saudade.   Junto a outros como carrinho de rolimã, pula cela, bimbelô, peteca, bolinha de gude, papagaio com suas carretilhas e muitos outros ficaram no passado, e no meio do asfalto da avenida do Jaçanã reapareceu o Tacobol – ou Taco de Rua.

AS ETAPAS PELA ZONA NORTE === Naquele espaço histórico, aconteceu a segunda etapa do 1º Torneio de Taco de Rua da Zona Norte — organizado pelas prefeituras regionais Santana/Tucuruvi/Mandaqui, Jaçanã/Tremembé, Vila Maria/Vila Guilherme/Vila Medeiros, Casa Verde/Cachoeirinha/Limão e Freguesia do Ó/Brasilândia – e que terá a grande final no dia 29 de julho (sábado) às 9 horas, no Estádio Municipal de Beisebol “Mie Nishi”, no Bom Retiro. Cada prefeitura regional está selecionando campeão e vice-campeão de cada categoria para a grande final. Até o momento, aconteceram as seletivas de Vila Maria/Vila Gulherme/Vila Medeiros no dia 10/06 (sábado) e agora no Jaçanã/Tremembé, dia 25/06 (domingo). As próximas etapas acontecem por Santana/Tucuruvi/Mandaqui em 01 de julho (sábado), às 13 horas, na Sociedade Esportiva Pinheiral (Rua César Zama, 17 – Alto de Santana/Mandaqui); por Casa Verde/Brasilândia/Limão no dia  08 de julho (sábado), às 9 horas; e em 15 de julho (sábado) na Freguesia do Ó/Brasilândia – ainda falta definir local e horário, no momento.

MAIS INCENTIVOS AO LAZER === Com um Sol forte, o prefeito regional de Jaçanã/Tremembé, Alexandre Baptista Pires, fez a abertura oficial da etapa do torneio.  “Aqui neste ponto tem muita história e daqui queremos dar continuidade com mais eventos, trazendo o programa da Rua Aberta, incentivar o pessoal para os passeios de jipe na Serra da Cantareira, criar polos de esportes e cultura para o bem de todos os moradores com mais qualidade de vida”, declarou. Teve a execução do hino nacional e as equipes foram  para “o asfalto” na disputa das bolinhas no tacabol.  E os estudantes de Educação Física da Universidade 9 de Julho – Uninove – estão sendo os árbitros de todos os jogos, até o encerramento.

PREFEITO REGIONAL CLASSIFICADO === A abertura contou com a dupla composta pelo prefeito regional Alexandre B. Pires e o empresário Márcio Fernandes, do Departamento de Marketing da Mulek de Rua-MKT – uma das patrocinadores do Torneio. Como diria um locutor esportivo, “foi um jogo desequilibrado”, essa dupla venceu por 8 a 1 no tempo limite de 10 minutos. E já está na final no Estádio Municipal de Beisebol “Mie Nishi”, em julho.  Com sua juventude e “porte atlético” (é campeão Taekwondo), o prefeito regional Alexandre Pires não decepcionou, correndo muito atrás da bolinha, batendo o taco na correria, e vibrando muito.  Depois aconteceram outros jogos, com muita disputa e alegria entre os participantes. Os meninos mais novos tiveram a oportunidade de conhecer o jogo, com fácil adaptação e aprendizado. E, desta forma, a competição se estendeu por quatro horas, com decisões importantes e os classificados para a final.

UMA GRANDE EQUIPE NOS BASTIDORES === Toda a equipe de Esportes e Lazer da Prefeitura Regional de Jaçanã/Tremembé esteve presente, com a o Supervisor Manoel Rodrigo Ricardo, e da Coordenadora do Governo Local, Waleska Conte Lima Brilhante, que produziram a etapa do evento com outros funcionários. Estiveram presentes e dando apoio à organização os Supervisores de Esportes de Santana/Tucuruvi/Mandaqui, Newton  Loiácono; e o de Vila Maria/Vila Guilherme/Vila Medeiros, Nelson  Marques.

Matérias relacionadas:

“Vem aí o 1º Torneio de Tacobol das Prefeituras Regionais da Zona Norte”  (23/04/17)

“Na Vila Maria, ressurge o “Tacobol de Rua” no 1º Torneio da Zona Norte” – (12/06/17)

 

 

CN Institucional

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora