Todos os anos, cerca de 40 mil pessoas morrem vítimas de armas de fogo no Brasil, e muitas destas mortes poderiam ser evitadas não fosse a presença de uma arma. Com o mote “Silence the guns”, que dialoga com a realidade brasileira, a IANSA – International Action Network on Small Arms (Rede Internacional de Ação sobre Armas de Pequeno Porte, em tradução livre), coalizão de organizações internacionais da qual o Instituto Sou da Paz faz parte, promove entre 5 e 12 de junho, a Week of Action (Semana de Ação), em que anualmente organizações de todo o mundo promovem atividades pró redução da violência armada.

Como parte da campanha global, o Instituto Sou da Paz, em parceria com a Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Guarda Civil Metropolitana, promoveu nesta 5ª feira (08/06/2017) – com continuidade na 6ª feira ( 09/06 ), uma campanha de entrega voluntária de armas. O evento aconteceu na Inspetoria Regional Santana-Tucuruvi da Guarda Civil Metropolitana, com a presença do Secretário Municipal de Segurança Urbana, José Roberto Rodrigues de Oliveira, para receber entregas voluntárias de armas. Os tonéis com os girassóis ficam no local  até o dia seguinte, 6ª feira.

A cidade de São Paulo tem centenas de postos de recebimento fixos cadastrados, onde os cidadãos podem entregar voluntariamente suas armas durante todo o ano, mas nesta semana quatro postos da GCM estarão especialmente preparados para receber a população: dois na zona sul (Vila Mariana e Santo Amaro), um na zona norte (Santana) e um na zona leste (Aricanduva Formosa).

“O Brasil é um dos líderes mundiais em número de mortes por armas de fogo. Ao fortalecer a iniciativa da IANSA, além de comunicar a população sobre a entrega voluntária de armas, chamamos a atenção também para a necessidade de implementação de políticas eficazes para prevenir a violência letal no país“, comenta Ivan Marques, diretor-executivo do Instituto Sou da Paz.

O estado de São Paulo se destaca como primeiro colocado no ranking nacional de recebimentos de armas. Segundo o Ministério da Justiça, de 2011 a 2016, apenas a Guarda Civil Metropolitana de São Paulo recebeu 7.365 armas, o que representa 17% do total recolhido no estado e 5,4% do total do país, o que a colocaria em 7º lugar nacional se fosse uma unidade da federação.

CAMPANHA LAST SHOT == No posto da Zona Norte, junto ao Comando Norte da Guarda Civil Metropolitana, na Praça Heróis da FEB, em Santana,  acontece uma exposição da campanha Last Shot, promovida pelo Instituto Sou da Paz, que visa chamar a atenção para os números da violência armada no Brasil e cobrar por políticas públicas de redução de homicídios. Serão exibidos barris amarelos com girassóis plantados, que simbolizam as vidas que poderiam não ter sido perdidas para a violência armada, e mensagens que trazem números do Mapa da Violência de 2016: “5 pessoas morrem por hora vítimas de armas de fogo”, “116 pessoas morrem por dia no Brasil vítimas da violência armada” e “morrem no Brasil mais vítimas de armas de fogo do que em países que estiveram em guerra recente” são algumas das mensagens exibidas. <Com apoio de informações/fontes: Ass. de Comunicação — Secretaria de Segurança Urbana, Guarda Civil Metropolitana e Instituto Sou da Paz >>

Serviço:

Campanha de entrega de armas

Data: 8 e 9 de junho, 5ª e 6ª feira

Horário: das 8 às 17 horas

 

Pontos de entrega:

Norte Santana – Praça Heróis da FEB s/nº

Vila Mariana – R. Capitão Macedo, 553

Santo Amaro – R. Darwin, 221

Aricanduva Formosa – Praça Haroldo Daltro s/nº

Saiba como e onde entregar sua arma em qualquer dia do ano – veja o site do Instituto Sou da Paz: http://bit.ly/2qYMSgh

aniversario bergamini

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here