por Aguinaldo Gabarrão (*)

Nesta 4ª feira (18/04/2018), na Unibes Cultural, aconteceu o Seminário NETLABTV com a presença de representantes de grandes canais do mercado de TV paga (players), gestores culturais, roteiristas, convidados e os vencedores da 3ª Edição do Concurso NETLABTV.

O objetivo desse importante encontro foi apresentar a um público composto, em sua maior parte, por jovens roteiristas, cases de sucesso e avanços alcançados na produção de conteúdos no Brasil: seriados, realitys e documentários.

Mas, também esclarecer esse público quanto as atuais políticas públicas nacionais voltadas ao desenvolvimento de novos produtos e as estratégias de negócios para exportação de conteúdos no mercado latino-americano.        <<Abertura do Seminário NETLABTV:  assista aqui >>

“Sem ideias não temos indústria” === A gestora Débora Ivanov, da ANCINE (agência reguladora do cinema), trouxe números recentes desse mercado que rapidamente cresce: são mais de 9 mil produtoras; o segmento gera atualmente quase cem mil empregos; o faturamento é de 24,5 bilhões de reais, algo em torno de 0,46% do PIB, e esses indicadores estão acima de outros importantes setores da economia.

É um mercado em expansão que precisa de mão de obra qualificada, neste caso, roteiristas para seriados, documentários e outros conteúdos. Assim, é muito importante “aproximar a criação do mercado”, explica Minom Pinho, sócia diretora da Casa Redonda, empresa voltada para as áreas de pensamento, criação, produção, negócios e responsável pela realização do Seminário e Concurso para Roteiristas patrocinado pelo Instituto NET, Claro, Embratel.

Debates e provocações de alto nível ===  Os diversos convidados, ao longo da extensa programação, estimularam a platéia com importantes reflexões: a necessidade da formação adequada dessa mão de obra para a produção de roteiros; conhecer o mercado e identificar se o conteúdo produzido está alinhado com os negócios e perfil do canal.

Por sua vez, alguns roteiristas cobraram também dos “poderosos” do ramo de TV paga e produtoras, meios para que os projetos consigam chegar às mãos de avaliadores e/ou tomadores de decisão.

Masterclass – a voz dos especialistas  ===  O diretor de cinema Breno Silveira (Dois Filhos de Francisco; Gonzaga), comentou a respeito do árduo e importante trabalho de construção de um roteiro, suas fases, tratamentos, e ressaltou: “se eu tenho um personagem com uma história, eu tenho tudo”. Silveira também foi diretor de “Um contra todos”, seriado de maior sucesso da FOX, que vai para sua terceira temporada. << Assista à íntegra do depoimento – clique aqui >>

O encerramento coube ao roteirista da série brasileira “Pacto de Sangue”, o argentino Patrício Vega. Diretor de El Laboratório de Guión, escola em Buenos Aires que formou uma geração de roteiristas no país, ele reafirmou as dificuldades da profissão de roteirista e sintetizou em três palavras o que uma boa história precisa gerar no público: emoção, divertimento e reflexão. E, voltado à formação do público, concluiu: “o mundo talvez não tenha sentido, mas o roteiro sim.” <<Assista à íntegra do depoimento: clique aqui >>

Você tem uma boa ideia? ===  Para os nossos leitores do DiárioZonaNorte que tenham interesse de ingressar nesse segmento, fique atento: no site do NETLAB há vídeos, orientações e o caminho das pedras para esse fascinante ofício.

Mas, se você é um leitor que prefere apenas curtir um bom filme, seriado ou documentário, saiba: um batalhão de profissionais investiu sua criatividade e muito suor para chegar ao resultado que o diverte. Mas, tudo iniciou com um roteirista, um observador da vida e bom contador de histórias.

Site: http://netlabtv.com.br/site/

Fanpage: https://www.facebook.com/concursonetlabtv/

Apoio/Assessoria de Comunicação: sofiacarvalhosacomunicação.com.br


Os vencedores da 3ª Edição do Concurso NETLABTV:

Categoria Não Ficção: Batalha No Prédio: A Receita Da Boa Vizinhança | Mario Oshiro Junior – Santo André/SP / Bregay | Henrique Arruda – Recife/PE / Histórias de Liberdade | Gabriel Melin de Campos – Rio de Janeiro/RJ / Escolha do público: Arte no Prato | Manuel Rolim Andrés e Jussara Ferreira Schmidt – Belo Horizonte/MG

Categoria Ficção: Call Center | Otavio Chamorro – Brasília/DF / Habeas Corpus | Juliana Rosenthal Knoepfelmacher – São Paulo/SP / Impulso | Marcela Macedo – Santo André/SP /Escolha do público: Bryan & Nat 1/3 | Natalia Milano e Bryan Ruffo – São Paulo/SP

Categoria Social Video: De Magrrrla | Carolina Maciel de Arruda – Florianópolis/SC / Minha Querida Vagina | Fernando Cezar Corrêa Esposito e Ana Julia Alcantara Monteiro Travia – Campinas/SP / Princesa Carlos | Leonardo Raoni e Julia Fovitzky – São Paulo/SP / Escolha do público: Artífices Do Som: Samba Carioca | Bernardo Marques – Rio de Janeiro/RJ


(*) Aguinaldo Gabarrão, ator e dramaturgo. Iniciou em 1989 sua trajetória profissional no teatro com o espetáculo “Halloween, o dia das bruxas”, do dramaturgo Nery Gomide. Trabalhou com diretores de diferentes estilos e gerações: Jayme Compri, Hamilton Saraiva, Eugênia Thereza de Andrade, Fabio Caniatto e Antônio Abujamra entre outros. Atua também no segmento corporativo por meio de cursos, treinamentos e palestras com as técnicas do teatro.

sicredi_institucional

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora