O Cidadão Ilustre – Um escritor e seus fantasmas

0
797

por Aguinaldo Gabarrão (*)

Assistir a filmes argentinos no circuito nacional ou disponíveis em outras plataformas tem sido, em muitos casos, garantia de bom ou ótimo entretenimento. A afirmação pode parecer exagerada, porém, a safra de produções de alto nível dos hermanos permite essa conclusão. E quem desejar conferir, o mais recente exemplo estreou há duas semanas nos cinemas brasileiros: O Cidadão Ilustre, produção hispano-argentina da dupla de diretores Gaston Duprat e Mariano Cohn, parceiros na direção de outros quatro filmes, com destaque para o longa O Homem ao lado (2009).

O filme estreou na Argentina em 2016 e foi ganhador do Prêmio de Melhor Roteiro pela Academia de Cinema da Argentina e mais doze premiações internacionais, entre elas, as de Melhor Filme e Ator para Oscar Martínez no Festival de Veneza e Prêmio Goya de Melhor Filme Ibero-Americano.

Classificado como comédia dramática, o roteiro inteligente de Andrés Duprat tem em sua estrutura cinco partes, apresentadas como se cada bloco da história fosse o capítulo de um livro que está sendo escrito pacientemente.

O roteirista tem o mérito de dosar na medida certa o drama em contraposição às situações de humor que norteiam a história do escritor Daniel Mantovani (Oscar Martínes), vencedor do Nobel de Literatura, que recusa sistematicamente receber prêmios e honrarias, limitando-se a viver uma vida bastante discreta. Porém, ao ser convidado para receber o título de cidadão ilustre da cidade onde nasceu e que lhe serviu de inspiração para seus romances, o escritor resolve aceitar a honraria. Contudo, seu retorno à provinciana cidadezinha desencadeará muitas situações perturbadoras para ele e seus conterrâneos.

O ótimo ator Oscar Martínez (Relatos Selvagens – 2014) sabe aproveitar as sutilezas do roteiro e no seu desempenho, provocar o riso do público em cada situação cômica construída no contato do escritor pouco simpático com os diversos moradores, alguns deles, que serviram de inspiração para suas obras. Aos poucos essa proximidade faz com que ele perceba as feridas ainda não cicatrizadas, mesmo após os longos 40 anos de permanência na Europa. O ponto central do ajuste de contas que permeará a trama é o reencontro com o amigo Antonio (Dady Brieva, numa composição dúbia e acertada), agora casado com a ex-namorada de Mantovani, a sofrida Irene (a bela Andrea Frigerio).

Para além das qualidades dos intérpretes, soma-se a competência dos diretores Gaston Duprat e Mariano Cohn, ao traçarem na direção o correto paralelo entre a carreira do escritor de ficção com a realidade que serviu a ele de inspiração para sua produção literária e, paulatinamente lançá-lo em conflito direto com os fantasmas e anacronismos que o obrigaram a deixar a cidade muitos anos atrás.

O Cidadão Ilustre guarda até o último instante uma surpresa para o espectador.

SERVIÇO:

O Cidadão Ilustre – Direção: Gaston Duprat e Mariano Cohn

Elenco: Oscar Martínez, Dady Brieva, Andrea Frigerio, Belén Chavanne e Nora Navas

Duração: 118 minutos – Classificação: 14 anos

Gênero: comédia dramática

Cinemas:

Espaço Itaú de Cinema Frei Caneca – (Shopping Frei Caneca) – 19h00

Espaço Itaú de Cinema Augusta – (Rua Augusta, 1475) – 18h30 e 21h00

Cinearte – (Av. Paulista, 2073) – 16h30, 19h00 e 21h30

Reserva Cultural – (Av. Paulista, 900) – 14h50, 17h10 e 19h30

Cinesala – (Rua Fradique Coutinho, 361) – 16h30, 19h00 e 21h30

Em todas as salas e sessões o filme é legendado em português.

Assista o trailer do filme: www.youtube.com/watch?v=0raD8Z_mKWU

(*) AGUINALDO GABARRÃO –  ator e dramaturgo. Iniciou em 1989 sua trajetória no teatro com o espetáculo “Halloween, o dia das bruxas”, do dramaturgo Nery Gomide. Trabalhou com diretores de diferentes estilos e gerações: Jayme Compri, Hamilton Saraiva, Fabio Caniatto e Antônio Abujamra entre outros. Atua também em treinamento corporativo, usando o teatro como ferramenta didática em sala de aula. Das peças que escreveu, atualmente está em cartaz com “Cândido, uma Poética Espiritual”.

Nota da Redação: As críticas publicadas neste espaço são de inteira responsabilidade de seus autores. As opiniões neles emitidas não exprimem, necessariamente, o ponto de vista do “DiárioZonaNorte” e nem de sua direção.

aniversario bergamini

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here