(*) Por Michel Wiazowski Rocha

Iniciei minha carreira no mundo esportivo. Fui atleta profissional de hóquei sobre patins na Portuguesa de Desportos,  jogando  na posição de goleiro. Ainda hoje   pratico o esporte e recentemente participei de um torneio internacional, onde nossa equipe ficou com o  terceiro lugar.

Sempre apliquei  muitas coisas do hóquei em minha vida corporativa. Administrar vaidades e dar o melhor em benefício da equipe é, sem dúvida, a primeira lição que se aprende.  Você aprende a manter relacionamentos saudáveis. Competir, treinar arduamente, sofrer com as derrotas, superar os maus resultados. Essas experiências têm um impacto profundo na formação de uma pessoa.

Um  atleta de alto desempenho possui  uma habilidade que alguns psicólogos chamam de dureza mental, que faz com que ele tenha sucesso em momentos cruciais (fazer um gol no último segundo do jogo). É uma competência que pode ser aprendida. Para isso você tem que saber como sua mente e suas emoções funcionam.

O esporte te ensina a reagir após uma derrota. Estar ciente das limitações e focar em seus pontos fortes. Mesmo não sendo um talento nato, você pode contar com suas valências físicas: força, picos de velocidade, potência. Invista em seus pontos fortes e administre suas limitações. Ninguém constrói uma base sólida focando apenas nos pontos fracos.

No hóquei, como em outros esportes, trabalhamos em equipe e cada um sabe o seu lugar no jogo.  Mesmo um time  recheado de craques precisa de um técnico que  saiba fazer com que cada um deles renda o seu melhor.  Da mesma forma, na vida corporativa,  o empreendedor deve escolher com muito critério quem será contratado e qual função o colaborador exercerá.  Ter uma visão sistêmica da empresa (clube) é fundamental.

No hóquei seguimos uma série de regras  para se atingir o sucesso (muitas delas não escritas, baseadas apenas no bom senso).  Não resolve ter um  ótimo ataque se a defesa for fraca. Na empresa, as engrenagens devem estar em equilíbrio, para que tudo funcione. O sucesso é conseqüência do trabalho em equipe, do esforço coletivo e da estratégia.

Para competir  em uma partida ou campeonato, treinamos muito. No mundo corporativo você compete,  mas não treina. Com isso, você não se recupera adequadamente e seu desempenho pode cair. Treine  habilidades, aprimore   talentos e estude. Você não sabe quando sua hora irá chegar, e quando chegar você estará pronto para dar a resposta que o mercado está buscando.

Aprenda a se comunicar de forma clara e objetiva. Repare que os atletas quando são entrevistados, são cuidadosos em suas falas.  Você deve estar atento aos sinais que seu interlocutor envia,  identificar o estilo da conversa faz com que você tenha vantagem sobre seus concorrentes.

aniversario bergamini

1 COMENTÁRIO

  1. Muito boa a reportagem sobre o esporte, onde menciona o Hóquei.
    Nos lá na Portuguesa, além de dar aulas de Hoquei, tentamos sempre passar alguns princípios éticos para as crianças !!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here