O tradicional Bolo do Bixiga, que era servido todo dia 25 de janeiro em comemoração ao aniversário de São Paulo voltou.  Foram oito anos sem festa por falta de patrocinadores. Ele deixou de  ser produzido em 2009, um ano depois que o programa “Pânico”  teve a “engraçada idéia” (sqn) de incitar  uma guerra de bolo, entre os presentes.  A ação prejudicou a imagem do evento que perdeu patrocínios e, desde então, eram servidos  apenas bolos industrializados aos participantes.

Sua  história  começou em 1986, quando São Paulo completou 432 anos.  Idealizado por Armandinho Puglisi,  inicialmente a festa era feita pela comunidade do bairro e cada morador levava um bolo.   A idéia era que a cada ano o bolo igualasse em metros a idade da cidade.

Desde 1996, dois anos após a morte de Armandinho, seu amigo Walter Taverna organiza a festa do Bolo do Bixiga.  Com o tempo, o bolo mais famoso de São Paulo tornou-se um evento concorrido e disputado, entrando para o Guinness Book como o maior bolo de aniversário do mundo.

O Projeto de Lei n. 379 de 2014 e posteriormente Lei n. 16.144 de 19 de março de 2015, de autoria da Vereadora Juliana Cardoso (PT), incluiu no calendário de eventos da cidade de São Paulo a Festa do Bolo do Bixiga. Uma tentativa de retomar a tradição.

De acordo com a cineasta Thais Taverna, uma das organizadoras da volta  do bolo, mais de 300 pessoas, entre comerciantes e moradores, se envolveram no projeto. A convocação foi feita pelo Facebook.    Cada uma delas preparou um bolo, que colocados lado a lado, atingiu o tamanho de 150 metros.

A  montagem teve início às 9h da manhã, em frente ao  número 300 da Rua Rui Barbosa.

A programação da festa, além de outras atrações, contou com a apresentação da  velha guarda da escola de samba Vai-Vai e dos Esfarrapados,  primeiro bloco de carnaval de São Paulo, que puxaram  o “Parabéns para Você”.

E de forma organizada, os pedaços foram distribuídos para a população  às 12h, quando foi cantado um parabéns pelos 463 anos da cidade de São Paulo.

aniversario bergamini

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here