por Conceição Lourenço (*)

Dia 13 deste mês, comemorou-se o Dia do Rock e me sinto honrada em lembrar que trabalhei dois anos seguidos (2010/11), como Assessora de Imprensa, com o rei do rock, Chuck Berry.

Um homem belíssimo (ele sabia disso), de físico invejável, envelheceu muito bem. Viajava com mínima bagagem, malinha. Já chega no aeroporto, de manhã, com a roupa do show da noite.

A viagem é longa, morava em St Louis, não tem voo direto pra São Paulo, tem escala em Nova York. Chega descansadinho.

Casado com a mesma mulher há 68 anos, viajava com a namorada, que se apresenta como secretária… O filho, que também toca guitarra na banda (aliás cobre ele), não fala com ela… eita… (fofoca).

Desapegado, sem frescura. Sempre conversou pouco comigo, mas o dia que levei minha sobrinha-afilhada, de 20 anos, abriu 50 sorrisos pra ela kkkkkk.

Totalmente desinteressado da luta negra e essas coisas de Direitos Humanos, assunto que o sul dos EUA conhece muito bem, vai saber! Não atende imprensa, e não fala de Elvis Presley.

Uma tarde eu estava vestida com uma camiseta estampada com o rosto de  Barack Obama, ele olhou, olhou e falou: “Vocês podem ser primos e não sabem”. Do jeitão seco dele mencionou a diáspora africana, que espalhou tantos.


(*) Conceição Lourenço — jornalista há 35 anos. Passou por diversas redações e segmentos: Revista Exame, Infantis, Diário de São Paulo, Revista Bárbara, Uma, Chiques&Famosos, Ti-ti-ti. Dirigiu a Revista Raça Brasil. Fundadora da Cal Assessoria de Imprensa. Hoje é Assessora Executiva de Comunicação na Prefeitura Regional do Pirituba/Jaraguá.  << “Crônicas da Conceição”: às 6ªs. feiras >>

Nota da Redação: As opiniões publicadas neste espaço são de inteira responsabilidade de seus autores. Os comentários nele emitidos não exprimem, necessariamente, o ponto de vista do “DiárioZonaNorte” e nem de sua direção.

Natal 2017 CN

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here