Criado há seis anos após a constatação da necessidade de atenção e orientação específica às mulheres gestantes, o projeto “Odonto Bebê” consiste numa assistência ativa que tem como objetivo a prevenção e promoção da saúde através de reuniões mensais que abordam diversos temas, do acompanhamento odontológico das futuras mamães – ao longo da gravidez e do puerpério – e de todas as crianças de zero a dois anos cadastradas na Unidade Básica de Saúde (UBS) Vila Santa Maria (Rua Professor Dario Ribeiro, 670 – Casa Verde),  da Coordenadoria Regional de Saúde Norte – CRS-Norte.

A cirurgiã-dentista Maria Paula Aud de Carvalho, integrante do “Odonto Bebê”, relata que a iniciativa aconteceu após a sugestão de algumas gestantes que vinham mostrar os bebês para a equipe de saúde bucal e não recebiam nenhum tipo de orientação na maternidade. “Felizmente foi bem aceito pelos usuários, tornando-se parte do dia a dia da unidade”, conta a profissional.

Durante os encontros, os assuntos discutidos vão desde a importância do aleitamento materno até o uso de bicos corretos de chupetas e mamadeiras – erros em relação a esse aspecto são comuns. O desenvolvimento humano é prioritário e, quanto mais cedo houver uma assistência focada nesse âmbito, maior será a garantia de uma vida plenamente saudável.

ACEITAÇÃO == Devido à boa receptividade, o projeto apresenta números animadores. Somente no ano de 2016 foram realizadas 372 consultas odontológicas. Esse resultado gerou o interesse de ampliar a iniciativa, levando-a para outros locais da região que também são envolvidos diretamente com a assistência social, como creches e centros comunitários. Dessa forma, consolida-se a ação dentro da linha de cuidado materno-infantil.

“Achei muito interessante, pois este é meu primeiro filho e eu não tinha conhecimento que mesmo o bebê precisa fazer a higiene da boquinha e nem sabia sobre consequências nocivas da chupeta e mamadeira”, diz a paciente Dandara Silva.

Em março de 2014, o projeto “Odonto Bebê” foi apresentado na IV Mostra Nacional de experiências em Atenção Básica, em Brasília. Na ocasião foi abordada a importância do projeto na unidade, além da meta de acompanhamento atingida pela equipe em 2013, quando foram atendidas 100% das cadastradas com gestação de alto risco. << Fonte: Ass.Comunicação CRS-Norte – Texto: Lígia Aparecida de Souza >>

 –

 

aniversario bergamini

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here