O musical Casa de Noel é a atração em cartaz no Campo de Marte, em São Paulo, no próximo sábado (23/12/2017), a partir das 20 horas, com entrada franca. Após passar por oito cidades paulistas (Americana, Águas de São Pedro, Santos, São José dos Campos, Guararema, Campinas e Campos do Jordão) , a turnê termina com grande show na capital.

O projeto é do MBM Escritório de Ideias e conta com apoio da Secretaria de Estado da Cultura, por meio do Proac/SP, que destina recursos do ICMS para iniciativas culturais, tendo a Panco como principal patrocinador.

Com o tema Natal Brasileiro, o musical previsto para ter duas  horas de duração, traz um repertório musical variado, figurinos com cores vibrantes, coreografias criativas e um Papai e Mamãe Noel que embarcam em uma linda viagem pelas cinco regiões do Brasil. A proposta dos idealizadores é apresentar um pouco da cultura, ritmos e vestimentas de cada parte do país para o público, por meio dos personagens. A iluminação, som e efeitos especiais completam a experiência única.

Visto por mais de 400 mil pessoas desde sua primeira apresentação, em Piracicaba (SP), no ano 2000, o musical Casa de Noel traz Papai e Mamãe Noel Cantores acompanhados da Panetone Banda, apresentando um repertório musical diversificado, que vai das tradicionais canções natalinas, passando pela MPB, axé, música regional até o pop internacional.

Para o criador do projeto, o publicitário Bruno Fernandes Chamochumbi, levar este ano os shows para oito cidades paulistas, incluindo a capital, é a realização de um sonho.

O ESPETÁCULO == Com recursos dignos de um musical, o espetáculo tem duração de uma hora. Na set list do show estão canções como A Paz (versão em português de Hill The World, de Michael Jackson), Natal do Todo Dia (Roupa Nova), Romaria (de Renato Teixeira), Trem Bala (de Ana Viela), além de medleys de ritmos brasileiros.

O cenário rico em cores traz para o palco diferentes mundos repletos de magia, que vão de personagens da neve até os protagonistas Papai e Mamãe Noel. Para completar o encanto visual, os atores trazem figurinos coloridos, apresentados em meio a muitas trocas de roupas, além de efeitos visuais que fazem do show uma verdadeira experiência sensorial.

PAPAI NOEL CANTOR === Bruno Chamochumbi encarnou Papai Noel pela primeira vez em 1997, aos 15 anos. Após algum tempo, o publicitário decidiu usar a imagem do Bom Velhinho para divertir as pessoas. Surgia, então, em 2000, a Casa de Noel, projeto realizado pelo MBM Escritório de Ideias, sediado em Piracicaba. O publicitário conseguiu, naquele ano, a adesão de amigos e realizou a primeira Casa de Noel num imóvel antigo, localizado na principal rua do comércio da cidade. Arquitetos e designers de interiores, junto de parceiros, acabaram promovendo a primeira mostra de arquitetura e decoração da cidade até então, com o tema natalino, que recebeu cerca de 12 mil visitantes. Nos anos seguintes foi apresentado na sede da Società Italiana, instituição para a qual contribuiu com a restauração.

A partir de 2006, a Casa de Noel mudou seu perfil, transformando-se num projeto cultural. Em 2007, o espetáculo ganhou força com seus shows itinerantes na região de Piracicaba.
Bruno destaca que, hoje, o espetáculo tem uma estrutura profissional. “São mais de 40 pessoas envolvidas diretamente no show. Produtores, músicos, atores, técnicos de som e luz, jornalistas, publicitários, designers e outros parceiros que garantem uma apresentação de altíssima qualidade”. Para ele, o grande destaque da apresentação é mostrar a figura mítica do Papai Noel de forma bem-humorada e familiar ao público.

INSPIRAÇÃO === O diretor teatral Carlos ABC assumiu o espetáculo no ano passado, junto de Bruno e do diretor musical Hermes Petrini, que acompanha o projeto desde a primeira edição. Ele conta que o tema Natal sempre esteve presente em sua vida, por causa das festas de família. “Liberei este meu lado lúdico, emocional, desde muito cedo. Tenho uma coleção de presépios e uma grande árvore de Natal. Também interpretei por diversas oportunidades o Papai Noel e produzi encenações do nascimento de Jesus. Tudo isso me inspirou na elaboração do roteiro do espetáculo da Casa de Noel”, explica.

Além da própria vivência, Carlos ABC observa que se baseou também no Papai Noel feito por Bruno, que apresenta essa característica musical. “A obra consiste no encontro mágico entre crianças e o Papai e Mamãe Noel. Traz momentos de ‘superstar’ em contraponto com a submissão e veneração ao Menino Jesus, misturando momentos cotidianos de extrema ternura na relação com a Mamãe Noel e as crianças. Uma ode à paz entre os seres humanos”.

O diretor musical Hermes Petrini acompanha o espetáculo desde a sua criação. “Temos uma cumplicidade e sintonia muito grandes, eu e Papai Noel. Isso transparece nesses 18 anos de Casa de Noel. A experiência nos convida a repetir o que acreditamos que toca o coração das pessoas e precisa ser mantido, por ser muito importante no Natal, além de ser nossa identidade. A partir dessa premissa, queremos manter a ternura, a gentileza, a esperança e o espírito natalino”, detalha.

Para Petrini, o ponto importante do espetáculo é que o Papai Noel sabe que é o segundo símbolo maior de Natal, o que não descaracteriza essa festa religiosa cada vez mais ecumênica, e não se revela consumista e capitalista. “Assim, valores são essenciais para fazer parte de nosso repertório. A inspiração maior é a necessidade de amor e esperança que todos temos, ainda mais em tempos turbulentos como o nosso”, afirma.

“A inspiração do espetáculo é unir a tradição dessa época do ano com os novos movimentos da humanidade, tendo a música como elemento principal e requalificando de forma delicada os símbolos do Natal”, finaliza Chamochumbi. << Com o apoio de informações/fonte:  Assessoria de Imprensa/Casa de Noel – Piracicaba/SP >>

 

Equipe do espetáculo Casa de Noel

CULTURA E CIDADANIA DE MÃOS DADAS === O ProAC ICMS – uma das vertentes do programa de incentivo à cultura do Governo do Estado de São Paulo – assegurou  R$ 100 milhões em 2017 para o apoio a projetos culturais paulistas. Esta vertente do programa funciona por meio de patrocínios incentivados: os artistas e produtores apresentam projetos para a Secretaria da Cultura e passam pela avaliação da Comissão de Análise de Projetos (CAP), que é autônoma.

Quando um espetáculo é aprovado, recebe autorização para captar patrocínio junto a empresas que recolhem ICMS no território paulista, no caso específico do espetáculo “Casa de Noel”, a patrocinadora foi a Panco.  Além de poder associar suas marcas aos projetos culturais, as empresas patrocinadoras recebem de volta o valor investido na forma de descontos no ICMS devido.

De acordo com o secretário  José Luiz Penna,  em um momento que “estamos perdendo a identidade e a sociedade anda a passos largos pra uma ruptura do pacto social”… “a cultura precisa falar com todo mundo.   Fomentar a cultura é um compromisso que assumimos com imensa alegria.  Todas as formas de arte dialogam  com as mais diversas linguagens e diferenças culturais, assim fazemos  da cultura o ponto de encontro e convergência”.

 

 


Serviço

  • Casa de Noel – Temporada 2017 – São Paulo
    Apresentação: 23 de dezembro de 2017 (sábado) – Horário: 20h00 (previsão até 22h00)
    Local: Campo de Marte/Parque de Material Aeronáutico de São Paulo-PAMA
  •          Av. Santos Dumont, 2241, Santana

Atenção: 

  • Abertura dos portões a partir das 19 horas.
  • Não há estacionamento específico para o evento.
  • Com acessibilidade para pessoas com deficiência e disponibilidade de banheiros químicos ao público.

 

Organicos

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora