Lá se vão 57 anos de Brasil nas contas do imigrante espanhol Celso Gonzalez Parga, que chegou no início de 1960 quando o país passava por transformações e dificuldades. Era o momento do chamado Anos Rebeldes, a capital do Brasil era transferida do Rio de Janeiro para Brasilia, no mesmo ano que  Jânio Quadros era empossado como presidente e, mais adiante, o golpe militar de 1964 e, um pouco antes,  o fato internacional era a morte de Kennedy.

Tudo isto não mexia com o pacato Parque Novo Mundo,  encravado entre a Vila Maria Alta, Vila Medeiros/Vila Sabrina, cortada pela Rodovia Presidente Dutra – e outro trecho com Guarulhos na divisa da Rodovia Fernão Dias — , e se fechando do outro lado com a Marginal Tietê, na divisa com a Zona Leste – junto à Penha e Tatuapé.

REVIVENDO A HISTÓRIA === Sr. Gonzalez Parga chegou ao Brasil com 20 anos de idade e, dois anos após, foi buscar oportunidades nas “Terras do Além”, como chamavam por ficar distante do centro da cidade. Era um lugar ainda para os desbravadores de novos lugares para morar e oportunidades para o trabalho. Surgiu na época a Companhia Predial Novo Mundo (do Banco Novo Mundo) que começou a lotear o lugar, daí o nome de Parque Novo Mundo – que foi oficializado bairro em 31/10/1938 – neste ano vai comemorar os 79 anos.

LOCAL CRESCEU MUITO == “Hoje isto aqui já não é mais um bairro da prefeitura regional de Vila Maria, mas poderia classificar de cidade”, comenta o imigrante  que nunca deixou a região e administra uma empresa de sucata de papel e a Gonzalez Empreendimentos e Participações. ”Cresceu muito, mas muito mesmo, devido às transportadoras e as proximidades das rodovias Dutra e Fernão Dias, mais a Marginal”, comenta.

UMA NOVA REVITALIZAÇÃO === E no sábado passado (24/06/2017), a Prefeitura Regional Vila Maria/Vila Guilherme/Vila Medeiros, sob o comando de Dário José Barreto, realizou a segunda ação do programa mensal “SP Faça Seu Bairro Lindo” (o primeiro foi na Vila Medeiros em 27/05/2017 – veja reportagem aqui) no ponto de partida dentro da Praça Novo Mundo, que somente em 24/06/2004 – há 13 anos – sofreu uma revitalização durante a gestão de Marta Suplicy (PT). Desta vez, o programa envolve munícipes, equipes da Prefeitura e da empresa Inova – além do apoio da Policia Militar, Guarda Civil Metropolitana (GCM),  Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), Unidade de Educação Ambiental da GCM – Distrito de Anhanguera e Sabesp – entre outros.

AÇÕES POR TODOS OS LADOS === Agora, além da praça, todo o entorno começou a receber ações de zeladoria há mais de 15 dias — sob a coordenação de José Paulo Martins Ruano, da Coordenadoria de Projetos e Obras – CPO .  Essas intervenções atingiram uma área de 870 metros quadrados e quase 23 quilômetros de vias atendidas — veja no final o plano de ação e as intervenções realizadas. No sábado (24/06), o dia abriu com muito Sol e as pessoas dispostas em colaborar como cidadãos zelando pelo espaço de todos. Muitos moradores e representantes de várias entidades, com seus líderes comunitários, empunharam vassouras, pás de lixo e brochas para pintar as sarjetas. Na praça, houve também o plantio de várias mudas de árvores e a colocação de placas de grama – que ainda serão preenchidos outros espaços durante a semana.

ANTES, A SOLENIDADE DE ABERTURA === Foi uma festa  que durou quase cinco horas. Logo no início, o discurso do prefeito regional Dário José Barreto, que agradeceu a todos os envolvidos no evento e lembrou “que dentro deste primeiro  momento,  nas dificuldades de orçamento, a Prefeitura está buscando os caminhos com a ajuda de todos para resolver os problemas de zeladoria na região”, e que o governo atual trabalha com orçamento apertado deixado pela gestão anterior, além das dívidas. Foi complementado com a execução do Hino Nacional.

CANTORIAS E “MÃOS À OBRA” === Houve ainda apresentação do coral de trinta meninos e meninas do Centro para Crianças e Adolescentes do Núcleo Cristão Cidadania e Vida-NCCV do Parque Novo Mundo. A soltura de balões brancos e as equipes foram definidas para os trabalhos mais leves já previamente definidos  para a população: varrição, pintura de guias, plantio de mudas de árvores, colocação de placas de grama e descolagem de lambe-lambe em postes. Os serviços mais pesados e especializados ficaram a cargo da Prefeitura e da Inova: lavagem de passeio, capinação, operação Cata-Bagulho, paisagismo, corte de grama, operação de poda, Operação Tapa Buraco e reconstrução de passeios – entre outros.

O ANTES E O DEPOIS === Foi uma verdadeira Operação de Guerra  na  Praça Novo Mundo, com gente por todos os lados, ajudando e oferecendo apoio. E o Sr. Gonzalez Parga também se ofereceu para os serviços. Mão na vassoura ou na pá, acompanhando atentamente tudo que acontecia: “Nunca vi nada igual por aqui, esses serviços e a união das pessoas”, comentou e lembrou que o Parque Novo Mundo não tinha nem calçamento de paralelepípedos, tudo era na terra e ”quando chovia ninguém passava de tanto barro”. Segundo ele, ali onde está a praça era o início de um grande descampado, com poucas casas no entorno,  e o ônibus da linha Praça do Correio-Parque Novo Mundo parava longe dali com as pessoas caminhando muito. Hoje são várias linhas de ônibus em grandes avenidas, largas e asfaltadas, junto a um comércio atuante, com muitos prédios modernos.

MUITAS AÇÕES E O CARINHO === E a movimentação das pessoas na ação do Bairro Lindo foi muito grande, junto crianças e adultos, numa grande demonstração de cidadania. Deixando as recordações do imigrante espanhol que contribuiu no passado que ajudou o programa do Parque Novo Mundo, onde construiu mais de 100 residências e o teve a satisfação de erguer o primeiro prédio na região, com 10 andares. E hoje vê os três filhos e os cinco netos em uma nova geração de progresso e um mundo transformado na tecnologia. “Mais uma coisa não se muda, o coração e o amor que a gente tem pelo lugar que nos acolheu!”, finaliza.

PVGT É NO MÊS QUE VEM  === A terceira etapa mensal do “SP: Faça Seu Bairro Lindo” que já está sendo organizado pela Prefeitura Regional Vila Maria/Vila Guilherme/Vila Medeiros vai contemplar mais um distrito da região. Será no dia 15  de julho (sábado) na região da Vila Guilherme,  no Parque Vila Guilherme-Trote (PVGT), que desde o segundo semestre do ano passado passa por uma série de problemas e não tem verbas para os trabalhos e que até  há pouco tempo houve tentativas de ajuda.

 

Saiba mais sobre o Parque Vila Guilherme-Trote – é só clicar em cima da linha:

Em busca de novas soluções para o Parque Vila Guilherme-Trote

Mutirão do PVGT transferido para final de abril com apoio dos voluntários do Projeto Mãos que Ajudam

Mutirão no PVGT é discutido no Conselho Participativo

Rotary Clubes São Paulo da região norte se juntam ao Mutirão do Parque do Trote

Parque da Vila Guilherme/Trote receberá mutirão de ajuda

Plano de Ação e Intervenção de Zeladoria do Programa Faça Seu Bairro Lindo – Parque Novo Mundo:

  • Limpeza com capinação, raspagem e reforço de varrição (Ext: 22,30 km);
  • Operação remoção de “Lambe-Lambe” em postes (Qtd: 426 Postes);
  • Pintura de guias das principais vias de circulação (Qtd: 22,30 km de eixo);
  • Lavagem de Passeios (área ÁREA 6.800 m²);
  • Ação de Paisagismo e Plantio de Árvores ;
  • Operação Cata Bagulho (Qtd. 32 Logradouros – 22,30 KM);
  • Limpeza Manual do Córrego Novo Mundo – (Qtd. 2.400m)
  • Mutirão de Limpeza de Bocas de Lobo (Qtd. 316 Bocas de Lobo)
  • Execução de Corte de Grama: (Qtd. 20.332 M²)

→ Av. José Maria Fernandes
→ Praça Novo Mundo
→ Serafim Gonçalves Pereira
→ Canteiro Central da Av. Tenente Amaro F. da Silveira.

  • Operação de Poda, Limpeza e Plantio de Árvores;

→ Praça Novo Mundo; e

  • Operação Tapa Buraco (38 Logradouros).

 Obs.:  além dos serviços realizados na praça e no entorno com o apoio dos moradores e entidades.

Fora a galeria de fotos abaixo, veja a cobertura fotográfica completa do evento e bastidores em nossa Fanpage, por meio do link:    http://bit.ly/2uaZSkL

Organicos

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora