Inspirado nos banheiros públicos das grandes metrópoles europeias, a Prefeitura de São Paulo apresentou na tarde desta quarta-feira (25) o protótipo de um novo tipo de banheiro público. Chamado de TopBox, ele foi doado pela empresa PeeBox à gestão municipal e permanecerá instalado na Praça Dom José Gaspar, em fase de testes, por tempo indeterminado.

“Eu assumi um compromisso de colocar banheiros público na cidade, e nós vamos ter. E está aqui um protótipo instalado e funcionando, para que a população possa testar. E objetivo é que, funcionando bem, possamos fazer uma licitação para instalar novos. E vamos autorizar para que isso seja pago com publicidade. Com custo zero para a Prefeitura e para a população”, afirmou o prefeito João Doria.

Feito todo em aço inox, inclusive seu mobiliário, o banheiro conta com mictório, vaso sanitário, pia, fraldário e ar condicionado. Conectado à rede de esgoto e água da cidade, o Top Box também é acessível a pessoas com mobilidade reduzida.

Nesta fase de testes, o protótipo funcionará no período das 7h30 da manhã às 21h30 da noite, na Praça Dom José Gaspar, no centro. Uma guarita da PeeBox foi instalada ao lado do banheiro, para que funcionários da empresa possam fazer a manutenção e a segurança do espaço.

Largo do Arouche – A  Prefeitura de São Paulo também instalou no Largo do Arouche um outro protótipo de banheiro público. Desenvolvido pela empresa JCDecaux, atual concessionária de relógios na cidade de São Paulo, o sanitário fixo é auto-limpante e feito de uma estrutura de concreto pré-fabricada.

As portas, as esquadrias, e as áreas internas são de inox. Já o vaso sanitário é retrátil, feito de porcelana e não tem tampa. A cada uso, o vaso entra na parede e é higienizado com água e desinfetante, enquanto um jato de água limpa o piso. O consumo de água é de cerca de 6 litros. A água não é reutilizada. A empresa cedeu o equipamento por um prazo de 30 dias para testes pela Prefeitura.

“Já estamos com dois modelos instalados e existem outras duas empresas interessadas em mostrar seus produtos. E nós estamos interessados em ver os projetos, analisarmos, entendermos cada um e, mais importante, ver qual é o melhor para a população de São Paulo. Qual o mais apropriado. Talvez até quais são os mais apropriados. Porque São Paulo é uma cidade bastante diversificada. Às vezes, o que funciona em uma praça, não funciona em outro local”, disse o secretário municipal de Serviços e Obras Marcos Penido.

Quiosque de Flores — Além dos novos modelos de banheiro, a gestão municipal apresentou nesta 4ª feira (25/01/2017) o protótipo de um quiosque de vendas para microempreendedores. Idealizado pela empresa Ótima e assinado pelo designer Índio da Costa, o mobiliário foi doado a uma floriculturista da Praça Panamericana, que atua no local a mais de 30 anos. A iniciativa visa prestigiar floristas, jornaleiros, comércio de alimentos em geral e contribuir com o projeto Cidade Linda. <Fonte: Secretaria Executiva de Comunicação – Secom/PMSP>

 

aniversario bergamini

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here