18 C
Sao Paulo
domingo, 22 outubro, 2017
aniversario bergamini
Home Estilo de Vida Educação Prefeitura faz evento de mobilização para abertura de vagas em creches

Prefeitura faz evento de mobilização para abertura de vagas em creches

833
0

A Prefeitura de São Paulo lança nesta 2ª feira (27/03/2017)  uma campanha de mobilização junto à sociedade para levantar recursos para a criação de vagas em creches. A ampliação de vagas será realizada, principalmente, por meio de novas parcerias com organizações da sociedade civil, entre elas a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), que já participa neste primeiro momento. Empresas e instituições vão incentivar que seus funcionários realizem doações por meio do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Fumcad).

“Você só muda um país se você tiver educação para todos. Se você conseguir que as crianças na primeira infância tenham estudo, tenham oportunidade, isso muda a vida de uma família, muda a vida de uma criança, muda a vida de um país. Um país que não aposta na educação jamais será uma grande nação”, disse o prefeito João Doria.

A meta inicial do programa Nossa Creche é zerar fila de 65,5 mil crianças até março de 2018. Em 4 anos, serão 96 mil novas vagas. Esta meta equivale à inauguração de 410 novos Centros de Educação Infantil (CEIs), considerando-se atendimento médio de 160 crianças. O custo médio mensal de um convênio desse tipo é hoje entre R$ 93 mil e R$ 104 mil, variação gerada pelas despesas com aluguel.

No processo de expansão das vagas, serão priorizados bairros e famílias com maior vulnerabilidade. Um dos objetivos do Nossa Creche é matricular 60% das crianças atendidas na cidade pelo Programa Bolsa Família, do governo federal. Atualmente, apenas 38,3% dessas crianças estão na rede municipal.

“A gente só muda o Brasil com ações como essa. O governo federal será parceiro para que a gente possa vencer os obstáculos e começar a mudar a educação do Brasil”, acrescenta o ministro da Educação, Mendonça Filho.

FUMCAD ==  A utilização dos recursos do Fumcad no programa Nossa Creche deve ser autorizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Paulo. Criado em 1992, o fundo recebe doações para projetos voltados para a promoção dos direitos das crianças e adolescentes. No ano passado, ele arrecadou R$ 24 milhões.

Qualquer pessoa pode contribuir com o Fumcad por meio de renúncia fiscal. Com a doação, pessoas físicas podem doar até 6% de seu imposto de renda devido, enquanto pessoas jurídicas são autorizadas a doar até 1%. Instituições financeiras também podem destinar até um sexto do valor do Imposto sobre Serviços (ISS).

O procedimento pode ser feito pelo site do Fumcad (http://fumcad.prefeitura.sp.gov.br/), por meio de pagamento de boleto bancário. A doação, por utilizar o imposto devido, não traz ônus a quem contribui. A participação poderá ser tanto por meio de múltiplas contribuições durante o ano ou por uma contribuição única anual.

Na página eletrônica do fundo, é necessário preencher um cadastro com dados da pessoa ou da empresa e o valor da doação. O contribuinte pode escolher como serão empregados os recursos doados, selecionando um projeto ou eixo. Para usufruir o benefício fiscal, o contribuinte deve inserir o código da doação em sua declaração de imposto de renda.

Outra opção para as pessoas físicas é realizar a contribuição diretamente na plataforma da Receita Federal, ao declarar o imposto de renda pelo formulário completo. Na Declaração de Ajuste Anual referente ao exercício 2016, é necessário acessar a ficha “Doações Diretamente na Declaração – ECA”.

Nesta página, o contribuinte deve escolher o tipo de fundo e a cidade, selecionando as opções “municipal” e “fundos de crianças e adolescentes” e indicando o município de São Paulo. Em seguida, o próprio sistema da Receita calcula o valor máximo que pode ser destinado e gera um DARF. Então, basta efetuar o pagamento até a data limite.

Caso queira destinar recursos para o projeto Nossa Creche, envie um email para o endereço recursosfumcad@prefeitura.sp.gov.br, informe que sua doação está direcionada ao eixo “Primeira Infância” e coloque em anexo uma cópia do comprovante do pagamento.

PRIMEIRA INFÂNCIA ==  A cidade de São Paulo possui uma população de 659 mil crianças entre zero e três anos, o que equivale a praticamente 6% de sua população total (IBGE/Fundação Seade, 2015). Desse grupo, por volta de 44% encontrava-se matriculado num estabelecimento de educação infantil, público ou privado, em 2015. A rede municipal registra 284.179 crianças dessa idade matriculadas ao final de 2016.

A demanda por vagas em creche na cidade é de 65.529 crianças, segundo levantamento realizado em 31 de dezembro de 2016. A região com maior necessidade de abertura de vagas é a Zona Sul, responsável por mais da metade da fila. As zonas Leste e Norte correspondem por 25% e 15% da demanda, respectivamente.

O Programa Nossa Creche está alinhado com as metas nacionais porque propõe a criação de 96 mil vagas na Rede Municipal, o que permitiria atingir uma taxa de cobertura de 60% das crianças de 0 a 3 anos na cidade em 2020, índice superior ao exigido pelo Plano Nacional de Educação para 2024. É também compatível com o Plano Municipal de Educação (Lei Municipal 16.271/2015), que determina que até 2025 o atendimento chegue a 75% das crianças na faixa etária ou para toda a demanda registrada, o que for maior (Meta 5). << Apoio com Informações/Fonte: Secretaria Especial de Comunicação- Secom/PMSP >>

 
aniversario bergamini

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here