O auditório da Prefeitura Regional de Santana/Tucuruvi/Mandaqui sediou na 2ª feira (17/07)  a Conferência Aberta de Vigilância em Saúde das microrregiões  de Jaçanã/Tremembé  e Santana/Tucuruvi/Mandaqui.

A finalidade  do encontro foi formular propostas para  a  1ª Pré Conferência Municipal da Vigilância em Saúde, organizada pelo Conselho Municipal de Saúde (CMS).

As propostas acolhidas pela Conferência Municipal serão apresentadas na   1ª Conferência Estadual  de Vigilância em Saúde  – organizada pelo Conselho Estadual de Saúde –   e finalmente para a  1ª Conferência Nacional de Vigilância em Saúde que  acontecerá entre os dias 21 a 24 de novembro, em Brasília (DF).

Autoridades  ===   Alex Marchioratto (representante do segmento usuário do Conselho Gestor do Distrito de Saúde segmento Jaçanã/Tremembé e coordenador do Conselho Participativo Municipal Jaçanã/Tremembé),  Arilma Pinto (representante do segmento trabalhador do Conselho Gestor do Distrito de Saúde segmento Jaçanã/Tremembé), Antônia Machado  (representante do segmento usuário do Conselho Gestor do Distrito de Saúde segmento Santana/Tucuruvi/Mandaqui),   Dra. Valeria  Rondinelli , (diretora do distrito de saúde de Santana/Tucuruvi/Mandaqui/Jaçanã/Tremembé),  Luiz  Carlos Oliveira (chefe de gabinete da Prefeitura Regional Santana/ Tucuruvi/Mandaqui),  Alexandre Pires (prefeito regional de Jaçanã/Tremembé), Dra. Heloísa Buton (representante do Dr. José Mauro –  coordenador da Coordenadoria Regional de Saúde Norte) e Iara Ferreira (Supervisão de Vigilância em Saúde Jaçanã/Tremembé).

Dimensão do trabalho === Após a saudação das autoridades que formaram a mesa,  Iara Ferreira  realizou uma apresentação  aos participantes, onde dimensionou  a Área de Vigilância em Saúde e  suas aplicações no território.  A atuação da Vigilância em Saúde não é percebida pela grande maioria da população.  Ela está nos   alimentos que ingerimos, medicamentos,  cosméticos, nos  produtos e serviços disponíveis no nosso dia a dia.  A Vigilância em Saúde contempla ainda as ações de vigilância epidemiológica, a saúde do trabalhador e a vigilância ambiental.

Objetivos da Conferência Nacional ===   Com o   tema   “Vigilância em Saúde: Direito, Conquistas e Defesa de um SUS Público de Qualidade”, a  Conferência Nacional tem como objetivo a  implementação de uma Política Nacional de Vigilância em Saúde, a defesa e o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) e a integração entre todos os tipos de vigilância.

Quatro subeixos ==  Além do tema central da Conferência, será desenvolvido   um eixo principal intitulado  “Política Nacional de Vigilância em Saúde e o fortalecimento do SUS como direito à Proteção e Promoção da Saúde do povo Brasileiro”, e um conjunto de subeixos:  01)  O Lugar da Vigilância em Saúde no SUS;   02) Responsabilidades do Estado e dos governos com a vigilância em saúde;   03)  Saberes, Práticas, processos de trabalhos e tecnologias na vigilância em saúde e 04)  Vigilância em saúde participativa e democrática para enfrentamento das iniquidades  sociais em saúde.

Na Zona Norte ===  A Conferência é direcionada a toda a população, usuários e profissionais da Saúde, ligados à Vigilância Ambiental, Vigilância Sanitária, Vigilância Epidemiológica e Vigilância em Saúde do Trabalhador.  Na Zona Norte  ela acontecerá no dia 05 de agosto de 2017  na  UniSant’ana, na  Voluntários da Pátria n. 257/421 – Santana (entre  8h e 17h).

 

Natal 2017 CN

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here