Lá se vão 11 anos, ali plantado na Vila Guilherme. Junto com o Parque Vila Guilherme (67 mil m2), no lado de cima — paralelo à Rua São Quirino –, e juntando os dois parques soma-se 187 mil metros quadrados. Estamos nos referindo ao Parque do Trote inaugurado em junho de 2006, com uma bela e emocionante história da região. Mas o tempo foi passando e os problemas aparecendo nas administrações municipais passadas, com um enorme parque judiado e maltratado. E do ano passado, na administração Haddad, foi realmente renegado ao esquecimento, com uma série de problemas –  tentativas de estupros e vários assaltos – e de manutenção no corte de mato, segurança, banheiros e até falta de energia.

EM BUSCA DE APOIO === Houve até uma tentativa de Mutirão com moradores, entidades e voluntários, capitaneada pelo prefeito regional Dário José Barreto, titular da Prefeitura Regional de Vila Maria/Vila Guilherme/Vila Medeiros, ficando sem efeito por questões burocráticas da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente e das rigorosas normas do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo ( Conpresp ). E tudo permaneceu do jeito que estava, sem solução de imediato, até piorando mais. Surgiram muitas reclamações de frequentadores do PVGT, além do visível afastamento de público, até por falta de segurança.  Veja reportagens – Mutirão do PVGT é discutido no Conselho Participativo (em 15/02/2017);  Mutirão do PVGT transferido para final de abril com apoio dos voluntários do Projeto Mãos que Ajudam – em 10/03/2017;  Mutirão do PVGT terá nova data para ações de limpeza – em 07/04/2017.

UM EVENTO INÉDITO NO PVGT == Mesmo não sendo de sua competência direta, o prefeito regional da região, Dário José Barreto, lançou a ideia e fez negociações com a Secretaria Municipal de Prefeituras Regionais e  Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente, responsável pelo PVGT,  para a realização do programa “SP: Faça Seu Bairro Lindo”.  E se fez acontecer neste sábado (15/07/2017), a partir das 9 horas da manhã, com muitas entidades e mais de 600 colaboradores envolvidos. O PVGT estava ainda mais irreconhecível de sua monotonia matinal, onde junto aos frequentadores adeptos às corridas, caminhões e máquinas movimentavam os trabalhadores da Inova. Um fato inédito estaria acontecendo pela primeira vez um Mutirão de zeladoria com a participação de moradores e frequentadores do parque.

MUITO SERVIÇO DENTRO E FORA === Aos poucos as pessoas foram chegando, trajando ou vestindo na hora a camiseta branca com o coração vermelho e a identificação “SP: Bairro Lindo”. Ali estava começando a terceira etapa do programa “SP: Faça Seu Bairro Lindo” – antes foram Vila Medeiros (maio) e Parque Novo Mundo (junho). A Prefeitura Regional Vila Maria/Vila Guilherme/Vila Medeiros definiu como prioridade o Parque Vila Guilherme-Trote (PVGT), incluindo seu entorno compreendido pela Av. Nadir Dias de Figueiredo, Rua São Quirino, Av. Guilherme e Rua Chico Ponte. Há mais de uma semana, o serviço maior e mais pesado, que depende de mão de obra especializada, foi feito no entorno pela Inova. Houve até a limpeza do Córrego Apareíba ou Córrego da Divisa e popularmente de Valetão – localizado na Av. Nadir Dias de Figueiredo, ao lado do PVGT. Na parte interna do parque, principalmente corte de mato, também pode ser realizado desde que não afetasse as normas do tombamento do Conpresp – não permitido pintura dos imóveis, troca de portões e outros.

A ABERTURA DO EVENTO === Com a apresentação de Nelson Marques – que é o Supervisor de Esportes, Lazer e Recreação da Prefeitura Regional -, houve a abertura da cerimônia com as palavras do prefeito regional Dário José Barreto, que fincou suas observações à importância do PVGT para as atividades dos moradores da região e “todos os bairros da Zona Norte”, como “fonte de melhor qualidade de vida”. Não deixou de referir-se aos voluntários que “ali demonstraram a cidadania ao bem comum de todos” e da preservação e melhoria do local. Ao lado do prefeito regional, a representante da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente (SVMA), Luciana Feldman (Diretora de Comunicação e Eventos), que falou em nome do Secretário Gilberto Tanos Natalini – que estava sendo aguardado e chegou mais tarde – e da Administradora do PVGT, Karen Gonçalves Ikuta. E representando a Secretaria das Prefeituras Regionais, como avaliadora do evento, a funcionária Tatianne Vieira da Costa.

APRESENTAÇÕES ESPECIAIS === A solenidade teve prosseguimento do Hino Nacional executado pela Banda do Corpo Musical da Polícia Militar do Estado de São Paulo – sob a regência do Sub-tenente Edgar Lourenço. Após ainda houve a apresentação musical do Coral da Oficina de Arte e Cultura, comandado pelo maestro Roberto Mendes Barbosa, e da Banda Musical da Guarda Civil Metropolitana (GCM). E fechando as apresentações, o Canil da GCM se fez também presente e pode demonstrar as habilidades e funções dos cães – o que despertou muita curiosidade do público, principalmente as crianças.  Houve ainda, um “aulão” de zumba.

LIMPEZA TOTAL === E os voluntários puderam sair a campo para ajudar na limpeza do PVGT. Vassouras nas mãos, limpeza de gramados, capinação, raspagem, zeladoria na pista, limpeza nas canaletas de drenagem e reforço de varrição foram de imediato sendo realizadas por vários pontos do parque. Enquanto isto, o pessoal da Inova cuidava de outros detalhes, até o conserto de vários bancos de madeira, que estavam sem as ripas do assento ou do encosto – que foram colocadas e os bancos envernizados com apoio e material cedido pelo Colégio Dominante (da Rua Joaquina Ramalho, na Vila Guilherme). Em outra etapa, já com a presença do Secretário Municipal do Verde e do Meio Ambiente, o prefeito regional e voluntários plantaram cinco mudas de Ipê e mais uma solenidade especial, com as crianças, no plantio de uma muda de Pau Brasil.

O PVGT SERÁ PRIVATIZADO === Mas com tudo que foi feito neste Mutirão — como uma espécie de “pontapé inicial” para que haja continuidade nos serviços –, ainda é paliativo e notava-se ainda a falta d´água no local e os banheiros fechados por condições técnicas e de mão de obra para faxina. O que demonstra a urgência de soluções mais drásticas e competentes para o incentivo ao parque municipal nas áreas de lazer, recreação, esportiva e cultural. Em maio passado, o governo municipal anunciou a abertura de edital para concorrência na concessão de 14 parques municipais, entre eles o PVGT. A estimativa é que haja uma solução nos próximos meses, com a escolha da iniciativa privada para explorar e administrar o local. E também criar um vínculo maior com a região, inclusive na divulgação de eventos culturais e esportivos e maior apoio ao Conselho Gestor.

O “REVELANDO SÃO PAULO” PODE VOLTAR == Um dos pontos fortes que fez a Vila Guilherme, Zona Norte e o Parque Vila Guilherme-Trote conhecidos foram as quatro edições do megaevento “Revelando São Paulo”, carregando para a Zona Norte a culinária, o artesanato, a cultura e as tradições musicais brasileiras. Esse evento trouxe mais de 3 milhões de pessoas nos pavilhões do antigo MartCenter e dentro do PVGT. Com os problemas administrativos e situação irregular do terreno do MartCenter, o evento deixou de acontecer há dois anos – em 2015 foi transferido provisoriamente para a cidade de Valinhos. Mas deixou muitas recordações aos moradores da Zona Norte e o público em geral que se deslocava de vários pontos da cidade – o que demonstra os comentários nas mídias sociais. Movimentos foram criados pedindo seu importante retorno à Vila Guilherme, com apelos em abaixo assinados e representações políticas, encabeçadas com destaque pelo ativista comunitário Beto Freire, que já participou ativamente do Conselho Gestor do PVGT e fundou a Associação dos Frequentadores do PVGT, “um evento como o Revelando São Paulo não pode deixar de existir, é a raiz de nossa cultura e de nossas tradições”. Segundo ele, há “bons olhos e boa vontade” de autoridades municipais e estaduais simpáticas ao retorno do evento. “Essa chama não pode se apagar!”, concluiu.

NATALINI APOIA RETORNO === Caminhando ao lado do prefeito regional, dentro do PVGT, o Secretário Municipal do Verde e do Meio Ambiente, Gilberto Tanos Natalini, recebeu várias reclamações e pedidos para melhoria do parque, mas não deixou de ouvir os comentários sobre o “Revelando São Paulo” e seu retorno àquele espaço. Pacientemente, Natalini pediu e ouviu explicações da situação do evento. “Não, o evento como este é muito importante e dou o meu apoio”, declarou. E concluiu: “Veja o que é necessário, as etapas de negociações e a minha Secretaria fará as gestões”. Foi observado pelo prefeito regional que é necessário ver as condições do MartCenter, uma área privada e necessitando de levantamento de sua situação. Comenta-se que o terreno tem irregularidades nos impostos e dívidas – até com a Sabesp e Eletropaulo, entre outros. Vizinhos ao local dizem que há indícios de uso irregular do terreno na utilização como estacionamento de caminhões e carretas. Houve tentativas no passado de usar o terreno para 38 torres de condomínio, depois de um shopping center e outros projetos que não saíram do papel mesmo por causa do solo contaminado – que no passado abrigou um lixão.

“Com tudo isto, o governo poderia utilizar um Decreto de Utilidade Pública e tomar a área para revitalizá-la com os galpões para várias utilidades na saúde, educação e cultura. Trazendo de volta o “Revelando” e apoiando outros eventos. Na estrutura do prédio da esquina da Rua São Quirino, instalaria o primeiro hospital da Vila Guilherme”, observa Beto Freire e outros moradores.

QUEM PARTICIPOU E DEU APOIO === O evento “SP: Faça Seu Bairro” no PVGT mobilizou freqüentadores voluntários, profissionais da INOVA e a Prefeitura Regional Vila Maria/Vila Guilherme/Vila Medeiros e seus funcionários de diversos setores, com o apoio especial de José Paulo Martins Ruano (Coordenadoria de Projetos e Obras – CPO), Evandro Vinicius Felizardo Gilio (Chefe de Gabinete), Nelson Marques (Supervisor de Esportes, Lazer e Recreação), Estela Marinho (Supervisora de Cultura),  Rafael Leitão (Assessor Executivo de Comunicação) e Waldir Mazzei de Carvalho (Assessor Jurídico), além dos  Assessores Carlos Alberto de Faria, Américo Marques e outros; Secretaria do Verde e do Meio Ambiente; Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), Policia Militar de São Paulo; Guarda Civil Metropolitana; Lucelia Loiola, gestora de projetos do Cresan-Banco de Alimentos; CADES; CECCO Parque do Trote; César Kawamura do Tutores Vila Maria e Projeto OH! Quidea; Adria Giaccheri do Rotary Vila Guilherme;  SABESP,  Inova, Projeto Mãos que Ajudam da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias; Otacílio Montagner, Rogério Marangoni e Marco Combertino  do CONSEG Vila Maria; CONSEG Vila Guilherme; Adesampa; Condomínio Solar dos Duques; Marcelo Lemos Stúdio de Beleza; ACSP-Distrital Nordeste; Conselho Participativo Municipal V.Maria – além de outras entidades, líderes comunitários e moradores.  O evento ainda contou com o apoio e presenças da deputada estadual Clélia Gomes, vereadora Adriana Ramalho e o ex-vereador Rodrigo Gomes.

UM POUCO DE HISTÓRIA === Das antigas cocheiras, pista de salto e picadeiro fechado do antigo Club Hypico, nos idos de 1937, conseguiu atrair os amantes do esporte por sete anos, no local, até a morte do proprietário, em 1944. Vendido passou às mãos da Sociedade Paulista de Trote. Nestes fragmentos da história muitas fotos em sépia resistiram as poeiras do tempo. Décadas de 50 e 60, onde a elite paulistana e os amantes do hipismo mostravam-se em trajes chiques da época. Mas chegando a década de 1980, o público foi escasseando e ficaram somente alguns fanáticos para torcer pelos cavalos puxando o “sulky” (estrutura acoplada ao cavalo onde ficava o jockey). A primeira etapa da transformação da Sociedade Hípica Paulista foi a implantação pela Prefeitura de São Paulo – na época da administração de Jânio Quadros – do Parque Vila Guilherme, em 1986. Em 2005 a área restante da Sociedade Paulista do Trote com o Parque do Trote passou para a Prefeitura de São Paulo, unificado e formando o novo Parque Vila Guilherme-Trote (PVGT). Em 2012, foi tombado pelo patrimônio histórico (Conpresp).

O QUE FOI FEITO == O “SP: Faça Seu Bairro Lindo” foram concentrados no sábado no Parque Vila Guilherme-Trote, mas a Prefeitura Regional iniciou as intervenções no entorno do “Trote” em intervenções 180 mil metros quadrados:

  • Limpeza com capinação, raspagem e reforço de varrição (Ext: 8 Km); 04 logradouros atendidos e 8 Km de vias sob trabalhos de nossas equipes
  • Plano de Ação e Intervenção de Zeladoria:
  • Limpeza com capinação, raspagem e reforço de varrição (Ext: 8 Km);
  • Operação remoção de “Lambe-Lambe” em postes (116 Postes);
  • Pintura de guias das principais vias de circulação (Qtd: 8 km de eixo);
  • Lavagem de Passeios (área 3.100 m²);
  • Ação de Paisagismo em Pontos Viciados de Descarte; 40 mudas
  • Limpeza Manual do Córrego Nadir Dias de Figueiredo 1.800m;
  • Execução de Corte de Grama: (160.000 m²)
  • Operação Tapa Buraco ( 4 Logradouros)
  • Logística Envolvida
  • Conservação de Pavimentos Viários: 2 Caminhões,  1 Caminhão TBR e 15 Operacionais
  • Conservação de Logradouros: 2 Caminhões e  13 Operacionais
  • Limpeza Manual de Córregos:  1 Caminhão e  11 Operacionais
  • Equipe de Serviços Diversos:  2 Caminhões e  20 Operacionais
  • Equipe de Lavagem:  2 Caminhões e  6 Operacionais
  • Equipe de Substituição de Papeleira:  2 Caminhões e  6 Operacionais

Matérias relacionadas – “SP Faça Seu Bairro Lindo”:

Vila Medeiros ganha cara nova com as ações do Bairro Lindo

Parque Novo Mundo recebe ações do “SP Bairro Lindo”, o próximo será o Parque Vila Guilherme-Trote 

A importância do voluntariado para melhoria do seu bairro por Bruno Covas

 Além da galeria de fotos na matéria, veja também a exclusiva cobertura fotográfica na fanpage do DiárioZonaNorte   clicando aqui

 

 

 

 

Natal 2017 CN

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here