da redação DiárioZonaNorte ==

Supersticiosos  de plantão….  “Saravá,  pé de pato, mangalô três veis!”  A   6ª feira 13, o dia mais sinistro do calendário, está ai.   Nela, teoricamente, tudo pode dar errado.  E por que, essa implicância com a data?

Alguns estudiosos afirmam que a 6ª feira é um dia de azar, porque foi nela que Jesus foi crucificado e eram considerados dias de penitência.   Já  o 13 era considerado um número incompleto,  que atua em desarmonia com as leis do Universo, isso desde a Babilônia. Somou-se  os dois, bingo! Surge o mais azarado dos dias.

E as teorias que associam o azar ao número 13 e à 6ª feira, não param por ai e incluem o  numero de pessoas presentes na última Ceia, onde estavam presentes 13 elementos  – entre eles  Judas Iscariotes, o capítulo 13 do livro do Apocalipse da Bíblia, que faz referências ao  anticristo e à besta.  Uma antiga lenda nórdica, conta que  Odin convidou 12 deuses para um banquete. O  deus Loki surgiu sem ser convidado e acabou causando a morte de Balder, e o número ganhou sua má-fama.

Ficou conhecido como  6ª feira negra o dia do crash (quebra) da bolsa de New York em 1929, quando aqui no Brasil, os barões do café faliram.  Ainda no Brasil, foi em uma 6ª feira que o AI-5 foi decretado, colocando o país no período da ditadura.

Até nome de fobia a data ganhou. O  medo da 6ª feira 13 se chama paraskevidekatriafobia, que se origina do grego Paraskeví (sexta-feira) e dekatreís (13).

Pelo sim, pelo não, cuidado.

aniversario bergamini

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora