A equipe do DiárioZonaNorte  continua empenhada  na tarefa de levar aos nossos leitores os melhores lugares para comer  na  Zona Norte.  Aqui a regra é clara.  Só escrevemos sobre o que efetivamente provamos. Escolhemos um lugar, entramos, comemos e pagamos nossa conta, sempre de forma anônima. Assim, poupamos nossos leitores de roubadas.

Nem todas as pessoas que circulam pelo  Shopping Center Norte  se dão  conta da jóia que existe no lugar, desde fevereiro deste ano.    Estamos falando da   B.LEM  Portuguese Bakery,  filial da rede de padarias fundada em 2014 na Vila Nova Conceição e que hoje tem cerca de  oito lojas na cidade de São Paulo.

Esqueça o nome em inglês.  Como cantava Amália Rodrigues, a maior fadista do além mar, a  B.LEM  é uma casa portuguesa, com certeza.    Uma mescla de confeitaria e padaria  que procura reproduzir as  autenticas receitas portuguesas.

Os pães === Como toda casa portuguesa, você não pode deixar de fora os pães. Artesanais e de fermentação natural, são inesquecíveis.   Provamos  dois deles.  O  de  azeitonas leva em sua massa  as variedades verdes e pretas,  ervas e  a acidez fica por conta da percepção de  um  pequeno toque de limão siciliano.

Já o Alantejano é  um pão com uma  suave acidez, decorrente da longa fermentação. Assado em uma temperatura mais baixa e por mais tempo, tem como  resultado é uma casca opaca e crocante e um miolo muito macio.    Os pães podem ser aquecidos na loja,  ficando ainda mais saborosos se acompanhados de geléias ou manteiga.

Não deixe de experimentar também o fantástico pão de queijo, recheado com o saboroso queijo de leite de ovelha Serra da Estrela (R$ 8,90 a unidade).

Bacalhau, sempre ele === No início de agosto, a unidade do Center Norte passou a servir opções de almoço.  O cardápio é uma versão mais enxuta  do apresentado nas lojas da Vila Nova Conceição, Pinheiros e Jardins e é composto de três opções – todas para uma pessoa.  Para não fugir  a origem portuguesa,   duas das opções  são versões clássicas de pratos  a base de bacalhau. A terceira é um estrogonofe de frango, que faz a alegria dos paladares infantis.  Já avisamos, os pratos chegam a mesa bem quentes.

O Bacalhau com natas (R$ 39,90 ) é  saboroso e muito suave.  O prato consiste em um creme com espinafre bem “batidinho” e cebolas, envolvendo lascas de  bacalhau desfiado (cozido e desalgado no ponto certo). O prato é escoltado por batatas à portuguesa (fritas no formato redondo, levemente douradas  e  crocantes), montado em uma tigela de barro e acompanhado de arroz branco.

Palácio Nacional de Queluz === O segundo prato  igualmente saboroso é o icônico  “bacalhau espiritual”.   Criado em  1947 pelo restaurante “Cozinha Velha” no Palácio Nacional de Queluz, pelas mãos da Condessa Almeida Araújo, foi inspirado na francesa “Brandade Chaude de Morue” , também a base de bacalhau e azeite.

O prato consiste em lascas de bacalhau,  cenouras finamente filetadas e cebolas refogados em azeite de oliva e envoltos em um delicado molho bechamel. O prato é   gratinado com uma farofa feita do pão de azeitonas ralado, o que confere uma crocância saborosa.  O prato também é servido em uma tigela de barro e escoltado pelas batatas portuguesas e arroz branco.

Azeite do Alantejo === As duas versões ficam  melhores ainda se regadas com o excelente azeite Herdade do Esporão,  preparado com azeitonas do Alantejo e acidez máxima de 0,4% .    Se você quiser,  a  B.LEM  tem uma parte que funciona como empório,  onde o azeite é comercializado em embalagens de 500 ml (R$ 39,90) e 3 litros (R$ 139,90), preços bem mais camaradas do que os encontrados em sites de e-commerce especializados em azeite.

Ah, os doces ===  Para encerrar nossa refeição escolhemos dois  deliciosos doces conventuais, a base de gemas e açúcar, como manda a tradição da doçaria portuguesa.  O incrível “toucinho do céu” a base de ovos e amêndoas (R$ 10,90 a unidade)  e os delicados ovos moles de Aveiro –  doce de ovos cobertos por uma fina camada de hóstia  (sim, aquela usada na comunhão da igreja católica), em forma de coração (R$ 5,90 a unidade).  Os dois são de comer rezando.

Também provamos o premiado  “pastel de Belém”, da B.LEM.   Ele chega quentinho a mesa, com uma massa crocante e um recheio cremoso e doce na medida certa e custa R$ 6,90 a unidade.  O docinho foi eleito  pela Revista Veja – Edição Comer e Beber  2016 -, como o melhor pastel de Belém da cidade de São Paulo.  Assinamos em baixo.

Empório B.LEM === Para levar,  experimente a incrível  geléia de morangos com Vinho do Porto (R$ 19,90 o vidro com 240 gramas) e os delicados biscoitos “Areias de Cascais” ou “Canelinha de Coimbra”  (R$ 15,90 cada um).

O atendimento da loja é muito eficiente e simpático e os atendentes mostram prazer em  no trato com o cliente e em  explicar cada um dos itens do cardápio.

Serviço:

B.LEM  Portuguese Bakery – Unidade Center Norte

Travessa Casalbuono n.  120

Horário: 2ª a  sábado, das 10h às 22h. Domingos das 14h às 20h

Formas de pagamento: Cartões de Crédito e Débito e dinheiro

Capacidade da loja:  26 pessoas

aniversario bergamini

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora