Em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado nesta 2ª feira (05/06/2017), o prefeito João Doria assinou dois termos com o objetivo de aumentar as políticas públicas voltadas ao verde na capital paulista. Um deles é o decreto que cria a Comissão Municipal para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). O outro é o projeto Linhas Verdes, que permitirá o plantio árvores sob as linhas da Eletropaulo.

“Acabamos de lançar dois programas, o primeiro para reafirmar nosso compromisso com a missão ambiental, determinada pela Organização das Nações Unidas (ONU). Assinamos o compromisso com os 17 pontos para uma ação municipalista, voltada para a proteção ambiental, e também um programa prático, para arborizar os ‘linhões’ da AES Eletropaulo”, disse o prefeito João Doria.

Os ODS são parte de uma agenda mundial que foi definida por chefes de Estado e de Governo durante a Cúpula das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, em 2015. Na ocasião, foram discutidas ações para orientar as políticas nacionais e as atividades de cooperação internacional nos próximos 15 anos, sucedendo e atualizando os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). A proposta é que sejam colocadas em prática até o ano de 2030 uma agenda composta por 17 objetivos e 169 metas.

Na cidade de São Paulo, a maior metrópole a aderir os ODS, a criação desta comissão será fundamental para que sejam colocadas em práticas medidas efetivas ligadas ao Meio Ambiente dentro da agenda elaborada. Por isso, a comissão será composta por um representante (titular e suplente) de cada uma das 24 secretarias municipais e da Controladoria Geral do Município, além de 25 representantes (titulares e suplentes) da sociedade civil.

A escolha dos integrantes será feita pela indicação dos titulares dos respectivos órgãos públicos e, no caso dos membros da sociedade civil, serão escolhidos em processo de seleção pública coordenado pela Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente.

Os encontros deste grupo serão trimestrais e caberá à comissão elaborar um plano de ação para a implementação da Agenda 2030 no município, propor estratégias, programas, iniciativas que colaborem para a implementação e alcance dos ODS, entre outras atividades.

Todo acervo do trabalho desenvolvido será registrado pela comissão e encaminhado para o Arquivo Histórico de São Paulo e à Coordenação do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

LINHAS VERDES === O Projeto Linhas Verdes de São Paulo tem por objetivo arborizar as faixas de domínio das Linhas de Transmissão Aéreas de energia elétrica da cidade de São Paulo.

A parceria entre a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente (SVMA) e a AES Eletropaulo consiste na disponibilização das respectivas áreas pela AES para plantio de árvores de espécies nativas de pequeno porte, frutíferas não comestíveis, classificadas como pioneiras, selecionadas pela SVMA, que não venham a prejudicar os serviços de operação e manutenção das linhas de transmissão.

A parceria também visa priorizar áreas para o plantio compensatório, o mais próximo do local da ocorrência do dano ambiental, bem como de linhas que venham a permitir a ligação entre áreas verdes instituídas como: parques, reservas, unidades de conservação, praças, etc.

A utilização desses espaços para plantio requalifica essas áreas, que passarão a contribuir com o ambiente, tanto na permeabilidade do solo quanto no aumento da cobertura vegetal da cidade, minimização dos efeitos das mudanças climáticas, implementação da função paisagística, proteção contra os ventos, redução da poluição sonora, absorção de raios solares, sombreamento, ambientação às aves e absorção da poluição atmosférica. << Com apoio de informações/fonte: Secretaria Especial de Comunicação-Secom/PMSP>>

 

aniversario bergamini

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here