por Dr. José Mauro Del Roio Correa (*) ==== Tendo aceito no início de janeiro o honroso convite do senhor secretário da saúde do município de São Paulo, Dr. Wilson Pollara, para estar à frente da Coordenadoria Regional de Saúde Norte (CRS-Norte) de São Paulo nos próximos quatro anos, passei então a trabalhar em um plano estratégico que possa nos permitir ganhos efetivos à população do Serviço Único de Saúde (SUS) dependente do território.

Desse modo, repensar a REDE de atendimento assistencial me parece indispensável.

SIMPLIFICAR a estrutura organizacional, com aparelhos de saúde com atribuições bem definidas, distintas entre si e que permitam aos usuários ser atendidos em toda a sua complexidade, com foco em ações de PREVENÇÃO E PROMOÇÃO À SAÚDE, ATENDIMENTO ADEQUADO EM ESPECIALIDADES, NAS URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS E NAS INTERNAÇÕES HOSPITALARES quando necessárias.

Desse modo, o primeiro passo é a revisão das unidades básicas de saúde (UBS), que devem ser redimencionadas, com a garantia do atendimento no modelo de ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA (ESF) em todas elas, onde aqui, o papel do AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE (ACS) É FUNDAMENTAL como instrumentalizador de informações do território a nós, do núcleo estratégico regional de gestão.

Ter em mãos um “mapa” situacional real da região, indispensável para que as propostas possam ser adequadamente executadas, levando-se em consideração as iniquidades locais e o princípio de economicidade e correta execução da dotação orçamentária disponível.

Assim, é fundamental que possamos REQUALIFICAR AS FILAS DE ESPERA PARA EXAMES SUBSIDIÁRIOS, PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS E CONSULTAS DE ESPECIALIDADE.

Por fim, estamos propondo uma profunda reavaliação no atendimento ao munícipe que se utiliza da rede de atenção psicossocial, haja vista os enormes problemas decorrentes do consumo abusivo de álcool e drogas psicoativas ilícitas, mormente na população de jovens, além de um “recorte” particular na prevenção de gestações indesejadas em mulheres adolescentes.

(*) Dr. José Mauro Del Roio Correa – Coordenador Regional de Saúde-Norte, formado em clínica médica e mestrado em reumatologista, com curso de gestão em saúde pública. Há 31 anos no serviço público. E também quatro anos como gerente em Unidade Básica de Saúde (UBS) e seis anos como Supervisor de Saúde do distrito de saúde Vila Maria/ Vila Guilherme/ Vila Medeiros.

Nota da Redação: Os artigos publicados neste espaço “Opinião” são de inteira responsabilidade de seus autores. As opiniões neles emitidas não exprimem, necessariamente, o ponto de vista do “DiárioZonaNorte” e nem de sua direção.

 

 

 

aniversario bergamini

1 COMENTÁRIO

  1. Segunda feira 27/03 meu filho de 9 meses estava com suspeite broncopneumonia fui a UBS Jd. Joamar e não fui atendido pelo excesso de pessoas e poucos médicos, então fui ao Hospital Mandaqui e pediram para que procurássemos o AMA mais próximo pois naquele dia estavam com o contingente de funcionários reduzido e o atendimento só seria feito no próximo dia as 7h.
    Nesta região está tudo abandonado qdo vamos a um AMA eles pedem para vc ir para outro local. O Hospital São Luiz Gonzaga na entrada eles já visam que não tem médico ou que irá demorar idem para o Hospital Mandaqui.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here