A Vila Maria está completando 100 anos.  Fundada oficialmente no dia 17 de janeiro de 1917, seu nome descende da esposa do Dr. Joaquim Floriano de Araújo Cintra – um dos primeiros moradores do bairro – que se chamava Maria.

Sítio Bela Vista === Com registros de venda de lotes no distrito datados de 1856, a Vila que pertence ao antigo Sítio Bela Vista. A Companhia Paulista de Terrenos assumiu a responsabilidade de lotear o local. Para incentivar a venda, chegaram a ser doados tijolos e telhas. Os diretores da empresa nomeiam  duas ruas do bairro:   Alberto Byington e Guilherme Cotching.

A Primeira Ponte ===  Em  1918 foi construída uma ponte de  madeira, ligando o bairro a outra margem do rio, onde hoje é o Belenzinho.   A travessia até então, era feita apenas de barco.

Chegada da Eletricidade === A luz elétrica só chegou ao bairro  em  1923, o mesmo ano da chegada do bonde elétrico.  Eram duas linhas de bonde que serviam a região:  a de número  34 que ia até a Praça Santo Eduardo e a de  número 67 que ia até a Praça Cosmorama.

A primeira igreja do bairro foi a de  Nossa Senhora dos Navegantes, em 1922. A Paróquia Nossa Senhora da Candelária data de 1933.   O Grupo Escolar João Vieira de Almeida é a primeira escola oficial e foi instalada em 1924.  A escola de samba Unidos de Vila Maria data de 1954 e até hoje, é referência não só no samba como também, em seus trabalhos sociais. O bairro teve quatro cinemas:  Cine Vila Maria ,  Cine Centenário,  Cine Candelária e o  Cine Singapura.  O piloto Ayrton Senna mantinha seu escritório na  Rua Dr. Edson de Mello – ao lado da Rua Araritaguaba e do antigo Restaurante O Compadre (transferido para o Lar Center), que era frequentado pelo piloto.

Vila Maria Alta, Vila Maria Baixa === Outro personagem famoso na história de Vila Maria, é o ex-presidente Jânio da Silva Quadros.  Certa vez, num dos seus discursos em Vila Maria, Jânio Quadros levou a platéia ao delírio, usando a  seguinte saudação  “Povo de Vila Maria”,  e acrescentou:  “de Vila Maria Baixa, de Vila Maria alta e, porque não de Vila Maria do Meio”.

Comemorações ===  Para comemorar, a Paróquia da Candelária e a Distrital Nordeste da Associação Comercial de São Paulo farão uma festa nos dias 20, 21 e 22 de janeiro de 2017.  No dia 20 de janeiro (6ª feira – 19h30) no Salão Paroquial acontecerá uma homenagem, a cargo da Distrital Nordeste da Associação Comercial de São Paulo onde as personalidades e entidades que ajudaram no desenvolvimento do bairro terão seu trabalho reconhecido.     No dia 22 de janeiro (domingo – 11h), o padre Eloi José Schons celebrará uma missa de Ação de Graças pelo centenário da Vila Maria.  No mesmo dia 22 de janeiro (domingo – 19h00) acontecerá um bingo beneficente, no Salão Paroquial.

Festival Gastronômico ===  E durante os três dias da festa, o Festival Gastronômico 100 Anos de Vila Maria terá vários food trucks e barracas.  O destaque é a participação de Kambukira, com a incrível Galinhada de Guararema – que matará as saudades dos fãs do Festival de Cultura Tradicional Revelando São Paulo, que por quatro anos aconteceu no Parque Vila Guilherme/Trote.
aniversario bergamini

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here