O DiárioZonaNorte  adora uma boa história.  Hoje vamos contar a da Vila Medeiros, que completa 105  anos de existência. Nossa história tem vários nomes familiares para quem mora na Zona Norte/Nordeste. Nomes como Mazzei, Buono, Rodrigues, Sayão que nomeiam ruas, praças e prédios públicos.

O início === Como vários outros bairros paulistanos, a Vila Medeiros era apenas uma grande fazenda. No final do século XIX a área foi desmembrada e, posteriormente, no inicio do século XX dividida, primeiro em grandes chácaras, e logo em seguida em loteamentos.

A família do português Francisco de Medeiros Jordão comprou uma área de 69 alqueires de terra, junto as famílias Buono e Rodrigues, em 19 de agosto de 1909.  O negócio foi registrado por meio de uma  escritura de venda e compra, lavrada no livro nº 80, fls. 6 vº, datada de 17 de agosto de 1909, das notas do 5º Tabelião José Candido da Silveira, escritura essa registrada no Registro Geral, no livro 03, ao de transcrição de imóveis, à página 215, sob nº de ordem 52528, em 19 de agosto de 1909.

Medeiros Jordão era cultivador de vinhedos e fabricante de bons vinhos. Sua fama ultrapassou os limites do bairro, alcançando o restante da cidade de São Paulo. Desta forma, a Vila Medeiros se transformou em um ponto turístico da cidade. Francisco de Medeiros Jordão lentamente foi retalhando a fazenda em lotes. Coube ao agrimensor Jose Munhoz realizar a medição das terras para posterior loteamento.

Os pioneiros === Os primeiros moradores que se tem registro foram  Juvenal Sayão, Antonio Fernandes e Rafael Parisi. Os filhos de Francisco Medeiros Jordão, José de Medeiros e Manoel de Medeiros, contrataram os serviços de Henrique Mazzei, para o trabalho de arruamento e loteamento do bairro, quando então, foi batizada como Vila Medeiros, em  11 de outubro de 1912.

Transporte === Tudo era muito difícil para os moradores. Precisavam andar a pé quilômetros e quilômetros até a Estação do Tucuruvi, e lá tomar o trem da Cantareira em direção à cidade. Apenas em 1954 o bairro se ligou ao centro, pelo ônibus da linha Concórdia – Vila Medeiros,  com a colaboração da Prefeitura, através dos Prefeitos Adhemar de Barros e Jânio Quadros, que autorizaram o calçamento da Av. Nossa Senhora do Loreto.

A energia elétrica e a água encanada só chegaram a Vila Medeiros, graças ao empenho do espanhol Francisco Perez Pagan,  com o loteamento de parte de suas terras, sob a promessa de trazer ao bairro tais benfeitorias.

Nossa Senhora do Loreto === O Santuário e Matriz Nossa Senhora de Loreto, nasceu do fato de no final da década de 40, após um avião monomotor do Aéreo Clube de São Paulo ter caído nas proximidades.  Salvou-se um casal de italianos que como forma de agradecimento construíram a igreja, inaugurada em 11 de julho de 1954. Lembrando que próximo havia o campo de pouso do aviador Edu Chaves . Vista do alto, é interessante notar que a construção da Igreja foi feita em formato de um avião.

ASSORAVIM === A Associação Reivindicativa e Assistencial de Vila Medeiros – ASSORAVIM -, está à frente das lutas pela melhoria do bairro. Foi fundada em 24 de abril de 1966 e teve como seu primeiro presidente José Teruer Bruni. As primeiras reuniões aconteciam na Farmácia Boa Sorte, na Avenida Gustavo Adolfo.

Além do Sr  José Teruer Bruni, a ASSORAVIM teve outros grandes presidentes,  de Paulo Pereira de Almeida  até  o atual Edson Tadeu Marim.  A entidade continua realizando  trabalhos na área social, voltados à população carente e encaminha reivindicações da comunidade de Vila Medeiros e de todos os Subdistritos.

Rotary Vila Medeiros ==  A Vila Medeiros também tem seu Rotary Clube, fundado em  08 de junho de 2004 – pertencente ao  Distrito 4.430.

Elevação à Distrito  ===  Por força da lei 11.220/92 de 20 de maio de 1.992, Vila Medeiros passou a Distrito, tendo sob sua jurisdição: Conjunto Promorar Fernão Dias, Jardim Brasil, Jardim Guançã, Jardim Julieta, Jardim Neila, Vila Alegria, Vila Ede, Vila Elisa, Vila Medeiros, Vila Munhoz e Vila Sabrina.

Rede Pública de Educação ===  O território possui cinco estabelecimentos de ensino públicos: “Escolar Estadual Professor Sebastião de Souza Bueno”, “Escola Estadual Doutor Miguel Vieira”, “Escolar Estadual Professora Carmosina Monteiro Viana”, “Escola Estadual Doutor Luiz Lázaro Zamenhof” e “Escola Estadual Doutor Justino Cardoso”.

O comércio  ===  A Vila Medeiros tem um comércio bastante diversificado. Entre os mais antigos comerciantes em atividade estão  o Sr. Paulo da Drogaria Universal e o Sr. Nelson da Drogaria Loreto.   Com os restaurantes Mocotó e Esquina Mocotó, do chefe Rodrigo Oliveira, a Vila Medeiros entrou na rota  gourmet da cidade de São Paulo.

Futebol ===  A Vila Medeiros teve  vários times de futebol. O principal deles é o  Santos Futebol Clube de Vila Medeiros.

 

 

aniversario bergamini

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora