2017, um ano difícil na economia e cheio de escândalos políticos, com casos que abalaram o Brasil. De tudo, um pouco! Doria vira prefeito e sai de gari pelas ruas; manifestações e confusão nas ruas; Michel Temer não tem boa aceitação; mais delações premiadas e prisão de Joesley Batista; Lula presta depoimento em Curitiba; o Exército toma as ruas do Rio de Janeiro; queda do avião com ministro Teori Zavaski; preso o empresário Eike Batista; Neymar muda para PSG; escândalo no Comitê Olímpico… e uma série de acontecimentos marcantes. E as imagens correram o mundo! As fotos foram estampadas nas mais conceituadas publicações… e marcaram os registros históricos de cada cena.

Várias destas cenas podem ser revistas e comentadas na XIII Mostra Anual de Fotojornalismo-2017, com realização da  ARFOC-Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos no Estado de São Paulo, a partir da próxima 2ª feira (09/07/2018), às 19h30, no Saguão do Conjunto Nacional (Av. Paulista, 2073).

São 80 imagens selecionadas de 56 fotojornalistas, com curadoria da mostra por Fernando Bizerra Jr. (correspondente da Agência EFE no Brasil) e Paulo Whitaker (correspondente da agência Reuters no Brasil). Bizerra Jr. comenta que “foi uma edição difícil é construtiva. O material fotográfico produzido em São Paulo mostra a qualidade do profissional brasileiro e a diversidade dos nossos fotojornalistas”. Já Whitaker observa que “dentro das 500 fotos recebidas, foi uma árdua tarefa chegar em 80 fotos. Fico feliz em ver a diversidade e a participação dos repórteres fotográficos no conturbado ano de 2017. Mostrando que o fotojornalismo apesar dos intempéries ainda mostra sua cara”.

Cada foto tem uma história nos bastidores, com os sacrifícios de seus profissionais. É o que comenta o fotógrafo Alex Silva ( O Estado de S.Paulo-Estadão), que teve a paciência, no meio da confusão, e o momento exato do clique com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, caminhando entre o povo, ao chegar na Policia Federal de Curitiba, quando houve o depoimento com o juiz Sérgio Moro. Lula aparece mostrando a língua, ao passar pelo cordão dos policiais.

Bruno Santos, da Folha de S.Paulo, aproveitou uma entrevista com Michel Temer e fez uma série de expressões de rosto do presidente, onde foi publicada sequência de quatro fotos. “Aproveitei a oportunidade, após a entrevista, quando ele conversava descontraidamente em outra sala”. São algumas das situações e oportunidades dos fotojornalistas, que não perdem o olhar e momento do fato, que estão expostos na exposição da ARFOC-SP.

“O importante desta exposição é o serviço que presta à fotografia e aos profissionais que estão por trás dela, mostrando um pouco da história de nosso sofrido Brasil”, observa o presidente da ARFOC-SP, Marcos Alves, lembrando que foram recebidas mais de 110 inscrições e 500 fotos para a seleção dos curadores selecionados. Ele lembrou também que a exposição “é uma maneira de  valorizar os profissionais que não tem dia, noite, fim de semana, embaixo de Sol escaldante, ou de chuva, no meio de gás lacrimogêneo… tudo para mostrar a realidade de nosso dia a dia nas imagens jornalísticas”.

Serviço
Exposição Foto Retrospectiva 2017 – XIII Mostra anual de Fotojornalismo
Abertura: 09 de julho de 2018 – às 19h30
Período: até 29/07/2018 – Entrada gratuíta
Local: Conjunto Nacional – Av. Paulista, 2073- Cerqueira César
Curadoria: Fernando Bizerra Jr e Paulo Whitaker
Realização: ARFOC-Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos no Estado de São Paulo – Fone: 3257-3991 e 9-9583.3686 (WhatsApp)

SorteioNatalCenterNorte

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora